Apenas um deputado federal de MT se posiciona a favor da reforma da previdência -

Mato Grosso

Publicado em: 06/12/2017 às 10:26:00 Autor: CARLOS GUSTAVO Fonte: OLHAR DIRETO

Dos oito deputados mato-grossenses na Câmara Federal, somente Victório Galli (PSC) assume a intenção de votar favorável à reforma da previdência, que está sob forte pressão do presidente Michel Temer (PMDB) para que seja votada ainda neste mês de dezembro. Um levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo no último fim de semana aponta que a Câmara não irá conseguir o apoio dos 308 parlamentares necessários para aprovação.

De acordo com a pesquisa, além favorável de Galli, apenas o petista Ságuas Moraes não ficou em cima do muro, se posicionando contrário a reforma. Valtenir Pereira (PSB) respondeu que irá seguir a orientação do partido.

Já Carlos Bezerra (PMDB), Fábio Garcia (sem partido) e Ezequiel Fonseca (PP) não quiseram se manifestar sobre o assunto. O suplente Xuxu DalMolin (PSC) que ocupa a vaga interinamente de Adilson Sachetti (sem partido) afirmou ser parcialmente favorável à reforma. O tucano Nilson Leitão disse ainda estar indeciso.

Ainda conforme o levantamento, 46 parlamentares se declararam favoráveis e 11 parcialmente favoráveis. Dos 513, 125 não quiseram responder e 221 se mostraram contrários, indicando que o texto não irá conseguir o mínimo de 308 votos para ser aprovado.

A proposta inicial foi enviada pelo governo ao Congresso em dezembro de 2016 e aprovada pela comissão especial da Câmara em maio deste ano, mas não progrediu por falta de entendimento entre os deputados.

O texto final da reforma prevê idade mínima para aposentadoria de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. Além disso, o tempo mínimo de contribuição previsto no texto é de 15 anos para os trabalhadores do regime geral (INSS).

Quem contribuir pelo período mínimo de 15 anos receberá 60% da aposentadoria. No caso de servidores, quem completar 25 anos de contribuição terá 70% do benefício.

Nos dois regimes, o trabalhador que desejar receber o teto da aposentadoria terá que contribuir por 40 anos.

Veja o levantamento completo aqui.

Notícias relacionadas

13/12/2017

Alunos e ex-professores movem ação contra UNIC e pedem R$ 8,6 milhões por propaganda enganosa

Visualizar Notícia

13/12/2017

FAB encontra corpos dos ocupantes de aeronave desaparecida desde sábado

Visualizar Notícia

13/12/2017

Plano Estadual de Enfrentamento a hanseníase prevê estratégias inovadoras até 2020

Visualizar Notícia

12/12/2017

JBS firma acordo com MPT e pagará R$ 650 mil por demissão em massa

Visualizar Notícia

Copyright© 2017 - Todos os Direitos Reservados - Guarantã News