Hoje: 17/09/2019
    Horas: 00:00:00
×
Sorriso: grupo encapuzado aponta arma para bebê, grita “a casa caiu” e sequestra adolescente

Sorriso: grupo encapuzado aponta arma para bebê, grita “a casa caiu” e sequestra adolescente

  • 12/09/2019
  • Portal Sorriso

Sandro Rodrigues Bandeira, de 17 anos, foi colocado em carro Uno, de cor prata, e encontra-se desaparecido

Um grupo, com cerca de seis a oito homens vestidos de preto, encapuzados e armados, invadiu uma casa situada na rua Araguaia, no bairro Vila Bela, em Sorriso, por volta das 17h dessa quarta-feira (11), e sequestrou o adolescente Sandro Rodrigues Bandeira, de 17 anos. O bando apontou as armas para uma babá e um bebê, de 6 meses, que estavam no local.

Segundo informações repassadas pela irmã da vítima, nesta manhã, ao Portal Sorriso, os criminosos pularam o muro, e ao entrarem na casa alegaram que eram policiais e gritaram: “a casa caiu”. Eles apontaram as armas em direção à babá, de 20 anos, e o sobrinho da vítima, de 6 meses.

O jovem foi levado carregado. Ele tentou gritar por socorro, mas teve a boca tampada e, em seguida, foi colocado em um carro, modelo Fiat Uno, de cor cinza.

Segundo a irmã do rapaz, quando o crime ocorreu, estavam na casa apenas o adolescente, o sobrinho dele e a babá. A mãe da vítima, o padrasto, as duas irmãs e outras três crianças estavam fora no momento do sequestro. Sandro ainda se encontra desaparecido.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Polícia Civil, que segue investigando o caso. A família pede para quem souber do paradeiro de Sandro entrar em contato com a polícia ou no número da mãe da vítima, (66) 99984-1561.

Conforme a família, o rapaz não estudava no momento. “Estamos muito preocupados porque não sabemos onde ele está. Ninguém sabe de nada. A babá ficou muito assustada. Colocaram arma nela e no bebê e levaram o celular dela”.  

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho