Hoje: 17/09/2019
    Horas: 00:00:00
×
Caminhoneiros de Mato Grosso também são impedidos de trafegar na 163 no Pará interditada por garimpeiros

Caminhoneiros de Mato Grosso também são impedidos de trafegar na 163 no Pará interditada por garimpeiros

  • 12/09/2019
  • Só Notícias

Caminhões e carretas que estão saindo de Mato Grosso – para descarregar no Porto de Mirituba (PA) – estão sendo paradas em um trecho da rodovia federal, na região de Moraes Almeida, no Pará (695 quilômetros de Sinop) por conta de um protesto que está sendo feito pelos garimpeiros há mais três dias. Eles interditaram a via nos dois sentidos e cada seis horas, liberam a passagem dos veículos por uma hora, e depois, retomam o bloqueio.

O caminhoneiro e morador de Sinop, Adair Moreno disse, ao Só Notícias, que a fila de caminhões passa dos 50 quilômetros. “Eles já perderam completamente o controle e, agora, está tendo apoio até dos índios. São pelo menos 50 quilômetros de fila de um lado e mais de 50 do outro. Eu consegui passar durante a liberação. A Polícia Rodoviária Federal também não está conseguindo fazer muita coisa no local. Eles (manifestantes) liberam por uma hora e não da para passar quase ninguém. Vira uma bagunça muito grande”.

Os manifestantes que trabalham de forma ilegal, paralisaram as atividades para cobrar a legalização dos garimpos na região. Eles também estão cobrando que os agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) não destruam os maquinários flagrados nos locais de extração do minério a devida licença ambiental.

O grupo também pede uma audiência com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para que seja discutida a regularização dos garimpos na região paraense e regularização simplificada para as áreas garimpeiras.

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho