Hoje: 23/10/2019
    Horas: 00:00:00
×
Câmara cria comissão para investigar vereador suspeito de abusar de adolescente em MT

Câmara cria comissão para investigar vereador suspeito de abusar de adolescente em MT

  • 17/09/2019
  • G1 MT

Comissão apura quebra de decoro. Segundo a denúncia feita à polícia pela mãe da vítima, o crime teria ocorrido em um mercado de propriedade dele. Vereador nega.

A Câmara de Vereadores de Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá, instaurou uma Comissão Processante para investigar quebra de decoro contra o vereador Miguelito Pereira (PSD). Ele é suspeito de abuso sexual contra uma adolescente. O crime, segundo a denúncia feita à polícia pela mãe da vítima, teria ocorrido em um mercado de propriedade dele, no último dia 24.

Ao G1, o parlamentar negou o crime e disse que que no momento em que a adolescente foi ao comércio havia outras pessoas com as quais ele estava conversando.

A instauração da comissão foi aprovada na sessão de sexta-feira (13). A comissão tem o prazo de 90 dias para concluir e apresentar relatório.

A comissão é composta pelos vereadores Acácio Roberto da Cruz (PSDB), presidente; Selma Anzil (PR), relatora, e Paulo Augusto (PR), membro.

 

A denúncia

 

O boletim de ocorrência contra o vereador foi registrado pela Polícia Militar no último dia 24 de agosto. Segundo consta no documento, por volta de 14h desse dia, no Centro da cidade, uma mulher chamou a polícia denunciado que a filha dela, que é menor de idade, tinha sido assediada por um homem é proprietário de um mercado.

A mãe disse à polícia que pediu para a filha ir até o mercado que fica perto da casa da família para verificar o preço de um cadeado. A adolescente demorou um pouco a retornar e quando chegou em casa estava com um saquinho de unhas postiças, o qual, segundo ela, tinha ganhado do comerciante, que é vereador na cidade.

Conforme o boletim de ocorrência, ela falou para a mãe que não pedisse mais que fosse até o mercado novamente. Com isso, a mãe começou a questioná-la sobre o motivo do pedido e ela afirmou que o comerciante tinha a abraçado e tocado as partes íntimas dela.

Antes de fazer a denúncia à polícia, a mãe foi até o mercado junto com o filho dela para confrontá-lo sobre o que a filha havia dito e, segundo ela, o suspeito não respondeu e entrou no carro dela, deixando o local. A PM diz no boletim de ocorrência que tentou localizá-lo, mas não o encontrou.

 

Outro lado

 

O vereador, por sua vez, disse que não deu nada à adolescente. "Não existiu isso. Essa menina chegou procurando por um cadeado e eu estava lá conversando com outras pessoas. Depois ela voltou com uma caixinha de unha dizendo que eu tinha oferecido à ela, mas eu não dei essa caixinha à ela. Ela nem comprou lá", alegou.

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho