Hoje: 17/11/2019
    Horas: 00:00:00
×
SP:  Garota é estuprada durante o horário de aula em escola estadual

SP: Garota é estuprada durante o horário de aula em escola estadual

  • 08/11/2019
  • Agência Record

Homem se aproximou, se identificou como Bruno, começou a tirar as roupas da menina e a ameaçá-la de morte. O crime ocorreu por volta das 09h30

 

Uma menina, de 12 anos, foi estuprada durante o horário de aula dentro de uma escola estadual, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo, por volta das 09h30 desta quinta-feira (07). O autor do crime ainda não foi identificado.

A mãe da garota relatou à Agência Record que, por volta das 11h30 desta quinta-feira (07), recebeu uma ligação da professora da filha, pedindo que ela fosse até a escola pois havia acontecido um acidente com a garota.

Quando chegou no colégio, a Escola Estadual Educador Paulo Freire, localizada na Avenida Passaredo, 400, no Jardim Aliança, percebeu que havia viaturas da Polícia Militar e representantes do Conselho Tutelar.

Lá, a mãe foi avisada de que a filha havia sido violentada. A menina contou à mãe que um colega de sua turma a chamou para buscar uma flor em uma determinada área da escola, mas quando chegou lá o menino a deixou sozinha.

Um homem, então, se aproximou e se identificou como Bruno e disse que era aluno da escola e que estudava ali no período noturno. A garota disse que o homem começou a tirar a roupa dela e a ameaçá-la de morte, caso ela gritasse. 

A menina foi levada pela família a um hospital da região de Osasco, onde foi feito exames e constatado que ela realmente havia sido violentada. Devido a gravidade dos ferimentos, a menina foi transferida para o Hospital Pérola Byinton, em São Paulo, onde passou por cirurgia e permanece internada. Não há previsão de alta, mas o estado de saúde da menina é estável.

A menina, de 12 anos, está no 6º ano do ensino fundamental e estuda há um ano na escola. A direção do colégio disse à família da garota que não há câmeras de segurança na unidade que possam identificar o autor do crime e não soube explicar como o crime ocorreu. A mãe contou à Agência Record que já ouviu relatos de abuso sexual na escola anteriormente no período noturno. 

Em nota, a Diretoria Regional de Ensino de Osasco afirmou repudiar todo e qualquer ato de violência e que a escola colabora com a Polícia Civil para investigação do caso. A DE vai instaurar uma apuração preliminar e encaminhará um supervisor à unidade. A administração regional está à prestando apoio aos pais e está à disposição para qualquer esclarecimento.

O caso foi registrado na 4º Distrito Policial de Osasco, como estupro de vulnerável.

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho