Hoje: 09/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Energisa realiza ações no pronto-socorro de Cuiabá

Energisa realiza ações no pronto-socorro de Cuiabá

  • 14/11/2019
  • Folhamax

Mais conforto para os pacientes e profissionais da saúde, sistema de iluminação eficiente, ambientes climatizados e equipamentos mais modernos com economia significativa no gasto de energia elétrica. Este é o cenário que pacientes e colaboradores do Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá encontraram com a entrega das obras de eficientização realizadas na unidade. O hospital passa a ter, inclusive, geração solar, o que possibilita uma economia de mais de R$ 470 mil por ano na conta de luz.

Atendida pelo programa de Eficiência Energética da Energisa Mato Grosso, a unidade recebeu investimento de R$ 1,6 milhão da empresa para modernização do sistema de iluminação com a substituição de lâmpadas obsoletas por equipamentos com tecnologia de LED, troca de ar condicionados antigos por equipamentos mais eficientes e ainda implementação de energia solar.

A economia não é única demanda atendida, o conforto dos pacientes e profissionais da Saúde também é um dos benefícios da modernização.

Para a coordenadora administrativa do Pronto Socorro, Roberta Borges Monteiro, a vida no hospital mudou.  “Cuiabá é uma cidade quente e o ar condicionado faz muita diferença. O quarto andar inteiro, por exemplo, antes não tinha ar e agora está climatizado. Outras áreas do hospital tiveram equipamentos obsoletos trocados como a UTI. Isso melhora demais o dia a dia dos colaboradores e dos pacientes”, ressalta.

Segundo a analista de inovação da equipe de Eficiência Energética, Monique Gomes Pereira, o projeto, proporciona benefícios diversos e, ainda que estejam focadas na promoção do uso eficiente e redução do desperdício de energia, as ações são pensadas para oferecer melhores condições de convívio aos pacientes e profissionais de saúde.

“Todo o projeto, desde o período de execução até a conclusão, estimula a conscientização daqueles que trabalham na unidade de saúde. É uma cadeia em prol do bem estar das pessoas e do meio ambiente. A substituição de mais de 50% do sistema de iluminação do Hospital, grande parte fluorescentes, tem também um viés ecologicamente sustentável. A Energisa tem trabalhado muito a questão da sustentabilidade em seus projetos e naqueles que ela apoia”, ressalta.

Modernização

Com a implantação do projeto da Energisa, a unidade que tem 40 anos de existência e recebe uma média de 12,7 mil pacientes por trimestre, poderá investir o dinheiro economizado em outras áreas.

“Esse é um projeto que traz benefícios não só para o hospital, com a economia na conta de luz, mas também para a população e colaboradores que tem um ambiente climatizado e iluminado. Em um momento de corte de custos, ações que aliviam os cofres públicos são bem-vindas. O dinheiro economizado será investido em insumos e medicamentos, algo sempre necessário no HPSMC, que recebe mais de 60% de seus pacientes de outros municípios do Estado”, aponta o Secretário adjunto de Gestão da Secretaria Municipal de Saúde, Henrique Paiva.

Paiva ainda destaca a redução do custeio com a compra de equipamentos, já que o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá passará por sua primeira grande reforma em 30 anos. “O atual PS deverá receber uma grande reforma estrutural e passará a ser o Hospital da Família (H-FAM). E com a participação no Programa de Eficiência Energética da Energisa, não precisaremos investir na troca dos equipamentos e lâmpadas obsoletas”, destaca.

Ainda ao final do projeto foi realizado uma campanha de conscientização dos usuários, com palestra, entrega de panfletos e a colagem de adesivos, a fim de se conscientizar sobre o uso racional da energia elétrica e ainda sobre importância da participação de cada um.

Programa de Eficiência Energética

A ideia do Programa de Eficiência Energética é incentivar o surgimento de novas tecnologias, assim como repensar práticas e costumes com foco no uso racional da energia elétrica.

Para quem tem interesse de participar: a Energisa regularmente abre uma chamada pública e o cliente que tiver interesse em reduzir o consumo inscreve um projeto mostrando, com dados técnicos bem mensurados, que a troca dos eletrodomésticos e lâmpadas atualmente em uso trará bons resultados. Se a proposta for selecionada, a empresa entrará com o investimento da compra dos equipamentos e da mão de obra para a troca dos antigos pelos novos. O que for retirado do local do projeto será encaminhado para descarte. É realizada uma conscientização com quem trabalha/mora no local e um estudo posterior para mensurar se os resultados previstos foram realmente atingidos. Tudo é feito conforme a legislação federal.

Para saber mais, fique ligado no site da Energisa: www.energisa.com.br.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho