Hoje: 14/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Morre na UTI de Cuiabá acadêmica vítima de acidente em Guarantã do Norte

Morre na UTI de Cuiabá acadêmica vítima de acidente em Guarantã do Norte

  • 25/11/2019
  • Olhar Cidade

Ela foi socorrida e levada ao hospital do municipal, depois transferida a UTI, onde ficou 21 dias internada, mas acabou não resistindo e vindo a óbito neste domingo.

 

Morreu na madrugada deste domingo (24), por volta das 5h, a acadêmica Maria Aparecida Alves Martins, de 38 anos, após ficar 21 dias, internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Cuiabá.

Maria havia sofrido um acidente no dia 27 do mês passado.  No dia do acidente ela transitava em uma motocicleta pela rua das Castanheiras, no bairro Cidade Nova em Guarantã do Norte/MT, quando acabou colidindo atrás do vagão de uma carreta que estava estacionada.

Ela foi socorrida e levada ao hospital do municipal, depois transferida a UTI, onde ficou 21 dias internada, mas acabou não resistindo e vindo a óbito neste domingo.

Aparecida trabalhava como auxiliar de um consultório odontológico e cursava odontologia, em na faculdade Ajes de Guarantã do Norte.

Seu corpo está sendo velado na capela da Funerária São Judas Tadeu, na rua dos Cedros, no bairro Cidade Nova. O sepultamento está previsto para ocorrer nesta segunda-feira às 15h, em Guarantã do Norte.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho