Hoje: 14/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
BAHIA:  Coveiro se recusa a trabalhar e família abre cova para enterrar criança

BAHIA: Coveiro se recusa a trabalhar e família abre cova para enterrar criança

  • 03/12/2019
  • Olá Bahia

Parentes de uma criança da cidade de Uruçuca denunciaram que tiveram que abrir a cova para enterrar a menina, porque o coveiro do cemitério se recusou a trabalhar. Conforme os familiares, Natasha Santos Carvalho estava internada com meningite e morreu na última sexta-feira (29). No sábado (30), quando a família tentou fazer o sepultamento, o cemitério estava fechado.

Um tio da criança relatou que procurou a funerária e o coveiro, mas o funcionário do cemitério disse que não iria trabalhar porque estava há dois meses sem salário. A família de Natasha detalhou que conseguiu fazer com que o coveiro fosse ao cemitério, mas o homem disse que só poderia colocar a criança em uma gaveta, que ele não iria abrir uma cova.

Os parentes não queriam deixar a criança na gaveta e, por isso, decidiram fazer a escavação eles mesmo.

Por meio de nota, a prefeitura de Uruçuca informou que não compactua com a atitude do servidor que se negou a realizar o serviço. Informou ainda que já estão sendo tomadas todas as medidas necessárias para que caso semelhante não ocorra e que será aberto um processo administrativo para averiguação do fato.

A prefeitura, entretanto, não comentou a denúncia do servidor de que o salário dele estaria dois meses atrasado.

 

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho