Hoje: 09/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Estado transfere R$ 8,1 mi aos municípios

Estado transfere R$ 8,1 mi aos municípios

  • 03/12/2019
  • Folhamax

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), transferiu o total de R$ 8,1 milhões aos Fundos Municipais de Saúde (FMS) de 12 cidades do Estado. Os recursos têm como objetivo a garantia da prestação de serviços de média e alta complexidades em saúde à população da Capital e do interior do Estado.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, avalia positivamente o desempenho da pasta, que está rigorosamente em dia com os repasses de 2019. “A atual gestão, além de estar adimplente em 2019, também trabalha para amortizar os valores da dívida herdada de forma a contemplar democraticamente todos os municípios do Estado”, disse.

De acordo com informações da secretaria adjunta de Aquisições e Finanças, o pagamento é referente ao exercício de outubro de 2019 e foi definido pela Portaria n° 389/2019, publicada no Diário Oficial que circulou em 12 de novembro.

De acordo com o documento, cada cidade deve receber os seguintes valores: Cuiabá, R$ 2,3 milhões; Barra do Garças, R$ 800 mil; Diamantino, R$ 250 mil; Juara, R$ 250 mil; Juína, R$ 301 mil; Rondonópolis, R$ 1,3 milhão; São Felix do Araguaia, R$ 250 mil; Jaciara, R$ 100 mil; Várzea Grande, R$ 1,3 milhão; Primavera do Leste, R$ 300 mil; Pontes e Lacerda, R$ 250 mil e Confresa, R$ 500 mil.

As transferências efetivadas aos FMS são provenientes da Unidade Orçamentária do Fundo Estadual de Saúde, em cumprimento à Lei 10.335, de 28 de outubro de 2015.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho