Hoje: 09/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Ex-marido é procurado suspeito de espancar e tentar estuprar mulher após ameaçá-la com arma em chamada de vídeo em MT

Ex-marido é procurado suspeito de espancar e tentar estuprar mulher após ameaçá-la com arma em chamada de vídeo em MT

  • 03/12/2019
  • TV Centro América

Ele não aceitava o do relacionamento e invadiu a casa da vítima. Agressões foram presenciadas pelos filhos do casal.

 

Uma mulher de 24 anos foi espancada pelo ex-marido nessa segunda-feira (2) em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, e chegou a ficar desacordada. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido é procurado depois de espancar, tentar estuprar e ainda ameaçar a vítima com uma arma em uma chamada de vídeo.

A vítima registrou um boletim de ocorrência contra o agressor na Delegacia da Mulher e recebeu medida protetiva.

Na chamada de vídeo Jonatas Martins da Silva, de 33 anos, ameaçou a ex mulher, com quem ele tem três filhos e um enteado. Como a mulher não cedeu ele foi até a casa dela e espancou na frente dos filhos. Eles tiveram um relacionamento de 10 anos.

Na chamada Jonatas, que trabalha como pedreiro, aparece com uma arma na mão. A mulher pedia o fim do relacionamento de uma década com o homem.

O ex-marido diz na conversa que comprou uma arma para se defender e promete que se a ex-mulher não ficar com ele, não ficaria com mais ninguém.

A jovem, que tem medo de se identificar, cansou de sofrer agressões, ameaças e de ver o ex-marido bêbado.

Na madrugada de segunda-feira, Jonatas invadiu a casa da ex. Ele pulou em cima dela e tentou estuprá-la. Como a jovem se recusou, ele deu socos e chutes nela.

Depois, fugiu com o celular da ex-companheira. No mesmo quarto estavam os quatro filhos da vítima, sendo que três deles são de Jonatas e as crianças presenciaram toda violência.

Depois das agressões, a jovem foi socorrida ainda inconsciente pelo Samu e trazida para a UPA.

Ela foi diagnosticada com suspeita de fratura no maxilar e encaminhada para tratamento.

Quando saiu da unidade de saúde, foi até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência e pedir medidas protetivas.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, a polícia fez buscas para tentar achar o suspeito, mas ele não fo encontrado.

As medidas para proteger a vítima foram tomadas e Jonatas vai responder por ameaça e lesão corporal.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho