Hoje: 09/12/2019
    Horas: 00:00:00
×
Pizzaria deixa cliente de ‘molho’ por 3h para avisar que pedido não será atendido

Pizzaria deixa cliente de ‘molho’ por 3h para avisar que pedido não será atendido

  • 03/12/2019
  • Repórter MT

Revoltada, internauta divulgou caso no grupo "Aonde Não Ir em Cuiabá". Insatisfação foi compartilhada com outros clientes do estabelecimento que afirmam ter passado pela mesma situação

 

Uma internauta divulgou na noite de domingo (1°), no grupo "Aonde Não Ir em Cuiabá Original", na rede social Facebook, sua decepção com o atendimento da Al Capone Pizzaria, localizada no bairro Marajoara II, em Várzea Grande. A cliente fez o pedido de uma pizza média, metade cuiabana e metade quatro queijos que saiu para entrega, e uma hora depois o pedido “desapareceu”.

Segundo a cliente, no início da noite ela entrou em contato pelo WhatsApp, local em que costuma fazer seus pedidos. Devido à demora da confirmação, às 19h30 ela ligou na pizzaria e o atendente explicou que o local estava lotado, por isso, a demora na resposta, em seguida anotou o pedido da mulher.

Duas horas se passaram e nada da entrega do produto, sendo assim a consumidora voltou a ligar para o Al Capone, às 21h30, que informou que o seu pedido havia saído para entrega. A denunciante mandou várias mensagens para o número da empresa, que a ignorou e não deu respostas.

Por voltas das 22h30, a cliente fez uma nova ligação para a pizzaria que disse não haver nenhum pedido em seu nome, deixando a compradora frustrada e com fome.

“Conclusão: estou até agora com fome, por falta de responsabilidade com os clientes. Se não há como atender pelo WhatsApp avisa e não deixe o cliente esperando igual besta. Fiquei três horas esperando a pizza chegar e simplesmente a pessoa fala que não anotou meu pedido é uma baita sacanagem. Al Capone nota zero, não recomendo para ninguém”, desabafou a internauta.

 

Comentários

 

Diversos clientes reclamaram ter passado pelo menos problema. O ponto em comum em todas as queixas é que as pessoas procuram o local pela qualidade da pizza e deixam de comprar pelo atendimento ruim e a falta de educação dos funcionários.

Também já tive problemas com o Al Capone. Pensa num povo mal educado, atendimento lá é nota zero, apesar de a pizza ser boa. No entanto, eles não dão valor aos clientes, principalmente o proprietário. Todos sem exceção tratam os clientes da pior forma que existe, até já reclamei na página deles, mas ninguém respondeu”, relatou uma internauta.

“Já cheguei ficar duas horas e meia esperando a minha pizza também, e nada. Liguei, na época do acontecido e nem atendiam ao telefone. Simplesmente quando a pizza chegou depois de três horas eu não recebi. Uma pena esse descaso com os clientes”, continuou uma consumidora.

Além disso, alguns comentários classificam o atendimento como nota zero.

 

Direitos

 

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) pontua que a empresa é obrigada a cumprir o prazo de entrega de qualquer produto.  O consumidor é assegurado pelo artigo 35 do CDC. A orientação do artigo 83 do CDC é que o comprador envie uma reclamação escrita à empresa vendedora, comunicando o ocorrido. Descreva minuciosamente a compra. Se não for atendido procure um órgão de defesa do consumidor (Procon) ou entre com uma ação no Juizado Especial.

Outro Lado

 

O estabelecimento não atendeu às ligações da reportagem até o momento da publicação. O espaço está aberto caso a empresa queira se manifestar sobre o ocorrido. 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho