Hoje: 09/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Bandidos que invadiram casa de Riva tiveram ajuda de funcionário e pretendiam fazer família refém

Bandidos que invadiram casa de Riva tiveram ajuda de funcionário e pretendiam fazer família refém

  • 24/12/2019
  • Olhar Direto

A invasão à casa da família Riva, localizada no bairro Santa Rosa, em Cuiabá, foi premeditada e teve participação de um funcionário da residência, é o que indicam as investigações preliminares do caso. Olhar Direto teve acesso com exclusividade a mensagens trocadas entre os criminosos, em que afirmam planejar o crime há cerca de um mês e que o objetivo inicial era fazer toda a família refém. No momento do assalto apenas a deputada Janaina Riva (MDB) e seu marido Diógenes de Abreu Fagundes estavam no local. 

“Lá tá fácil, tem o funcionário da casa que deu o canal. Esse canal já era para nós ter pegado desde o mês passado para fazer o povo de refém. O povo viajou, o cofre tá lá, a maleta com o dinheiro tá lá, é só revirar e achar. Vai precisar de pelo menos três pessoas e um carro. A casa de apoio vai ser a casa do meu primo. Ele vai mostrar pra você onde é a casa e depois vocês vão com o carro. Pegou o malote e corre pra casa do meu primo (sic)”, diz um dos bandidos, em um áudio encaminhado via WhatsApp. 

Em outra mensagem o criminoso demonstra ter informações em tempo real do que ocorre na residência dos Riva. “Corre hoje tá bonito lá na casa entro uma mochila de grana agora de manhã (sic)”. 

Na troca de mensagens um dos envolvidos afirma, ainda, que o funcionário da casa supostamente envolvido no assalto iria receber parte do que fosse subtraído do local. A Polícia já tem suspeitos.  

O crime 

De acordo com informações do boletim de ocorrências, por volta de 1h15 de hoje (24) dois homens armados com pistolas invadiram a casa no bairro Santa Rosa onde a deputada Janaina Riva e seu marido estavam sozinhos. 
 
Os bandidos levaram dinheiro e outros pertences das vítimas. A equipe de inteligência do 10º Batalhão da Polícia Militar fez um levantamento dos dados de pessoas que utilizam tornozeleira eletrônica e verificaram que um suspeito identificado como Weslei Tiago de Arruda da Silva esteve pela região da casa da deputada no momento do roubo. 

Pelo rastreamento da tornozeleira a PM conseguiu chegar ao suspeito, que foi preso por volta das 8h20, na rua 39 do bairro Doutor Fábio II, juntamente com outras três pessoas. Wesley ainda tentou fugir, mas foi capturado pelos militares. Na residência onde estava foram localizados os aparelhos de celular roubados e a quantia de R$ 41.100,00 mil em dinheiro. 
  
Os suspeitos foram identificados como Edivaldo Manoel Santana de Arruda, Leidiane Santana de Arruda, Mirian Maíra da Silva, além de Weslei Tiago de Arruda da Silva. 

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho