Hoje: 26/01/2020
    Horas: 00:00:00
×
Sinop receberá R$ 4,5 milhões do pré-sal e prefeita decide investir na Saúde

Sinop receberá R$ 4,5 milhões do pré-sal e prefeita decide investir na Saúde

  • 03/01/2020
  • Só Notícias

A prefeita Rosana Martinelli (PL) disse, em entrevista, ao Só Notícias, que a partilha R$ 4,5 milhões dos recursos do pré-sal destinado para Sinop será aplicada na Saúde para realização de exames de alta complexidade e na estruturação do setor. “É um recurso que chegou em um momento muito importante. Era um dinheiro que tínhamos dúvidas se realmente iria vir para o município”. “Vamos investir nas melhorias dos exames alta complexidade, que o Estado deixou de fazer nos últimos anos mesmo sendo obrigatório”, afirmou Rosana, acrescentando que o investimento feito pela prefeitura na Saúde, na sua gestão, “é muito grande”.

Ano passado, no primeiro quadrimestre, foram mais de R$ 31 milhões aplicados em ações e serviços públicos de saúde. Deste total, quase R$ 25 milhões foram exclusivamente em recursos próprios sob gestão municipal. O montante equivale a 21,87% da receita própria”.  Os dados de todo o ano de 2019 estão sendo fechados.

Sinop ficou com a quarta maior parte do recurso que foi repassado pelo Estado, que recebeu R$ 321 milhões dos R$ 69,96 bilhões arrecadados pelo governo federal.  Cuiabá R$ 14,9 milhões, seguida de Várzea Grande e Rondonópolis, com R$ 6,6 milhões cada. Cáceres e Tangará da Serra recebem R$ 3,7 milhões. Sorriso ficou com R$ 3,5 milhões. Lucas do Rio Verde vai receber R$ 3 milhões e Nova Mutum R$ 2,2 milhões do pré-sal.

Conforme Só Notícias já informou, o secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, confirmou que o recurso será investido na previdência do Estado. Com o repasse, Mato Grosso já teria caixa suficiente para quitar a folha de dezembro no próximo dia 10 em uma única parcela, já que o déficit mensal com a previdência é de aproximadamente R$ 120 milhões.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho