Hoje: 24/01/2020
    Horas: 00:00:00
×
Médicos cobram 13º salário e podem deflagrar greve geral na próxima semana

Médicos cobram 13º salário e podem deflagrar greve geral na próxima semana

  • 03/01/2020
  • Repórter MT

O Sindimed alega que os profissionais não receberam a segunda parcela do benefício e os plantões extras de finais de semanas; prefeitura faz levantamento.

 

Os médicos municipais podem deflagrar greve na próxima semana deixando os pacientes da Capital sem atendimento. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT) que convocou uma assembleia-geral, na próxima quarta-feira (08), para decidir sobre o movimento, na sede de Cuiabá.

A classe aponta falta de condições de trabalho, o pagamento incompleto do décimo terceiro salário, a terceirização dos serviços médicos e o indicativo de paralisação.
O chamamento foi publicado nesta sexta-feira (03), no Diário Oficial do Estado e foi assinado pela presidente do Sindimed, a pediatra Evelyn Hack Bidigaray.

Em dezembro, o Sindimed recebe várias denúncias de médicos e profissionais de saúde, em que afirmaram que a Prefeitura de Cuiabá pagou apenas parte do 13° salário.

O sindicato enviou um ofício à Prefeitura pedindo esclarecimento e providências para o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário de 2019.

Além disso, há casos que profissionais que realizaram plantões extras para cobrir férias de colegas ou, por motivo de saúde, estão há seis meses sem receber. Os plantões de finais de semana estão atrasados há três meses por isso há furos nas escalas de Unidades de Pronto Atendimento e policlínicas, argumenta o Sindimed.

 

Outro Lado

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que os plantões de janeiro a outubro do ano passado foram pagos, e que os meses de dezembro e novembro estão sendo levantados pelo Seção de Recursos Humanos da SMS para pagamento. Quanto ao 13°, as folhas teriam chegado distorcidas e passam por uma nova conferência que deve ser concluída até a próxima semana.

Além disso, foi destacado que as condições de trabalhos são boas e que as unidades básicas de saúde passam por reformas e ampliações.

 

Veja nota na íntegra:

Em relação à questão do pagamento dos plantões extras dos médicos da rede, Secretaria Municipal de Saúde informa:

-Já foram pagos todos os plantões dos meses de janeiro a outubro de 2019. Os plantões de novembro e dezembro estão sendo levantados pelo RH da SMS para posterior pagamento.

-O que faltou do pagamento do décimo terceiro dos médicos foi a parte da insalubridade, que está sendo auditada. Os valores da folha chegaram muito distorcidos em relação aos meses anteriores, por isso houve a necessidade de uma nova conferência, que será efetivada até a próxima semana. Assim que o processo for concluído, os pagamentos serão realizados. 

-O secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho discorda do posicionamento do Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso sobre a questão de falta de condições de trabalho. Com a abertura do HMC a equipe passou a trabalhar em um ambiente amplo, limpo e com todo o conforto e materiais necessários para um bom atendimento. Os servidores que ficaram no antigo Pronto Socorro estão nas alas que já passaram por reformas, portanto com condições adequadas de trabalho. As Unidades Básicas de Saúde estão passando por reformas e ampliações, proporcionando aos funcionários melhores condições para trabalhar. 

 

-A questão das terceirizações dos serviços médicos já foi resolvida com decisões favoráveis da justiça.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho