Hoje: 06/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Picolé de cerveja é criado por empresas pernambucanas e vira aposta para verão e carnaval

Picolé de cerveja é criado por empresas pernambucanas e vira aposta para verão e carnaval

  • 04/01/2020
  • G1 PE

Produto foi desenvolvido ao longo de quatro meses e leva a bebida do tipo American IPA (India Pale Ale), conhecido pelo amargor alto e sabor frutado.

 

Duas opções gastronômicas para refrescar o calor viraram, em 2020, um único produto: picolé de cerveja. Curiosa, a criação pernambucana mistura a textura de um picolé com o aroma e sabor de uma cerveja artesanal. Ela é uma aposta de duas empresas do estado para o verão e as prévias carnavalescas.

Desde a ideia até a criação do primeiro protótipo, as duas companhias levaram sete dias. Depois de quatro meses e outros dois picolés experimentais, a versão final passou pelo crivo de um comitê de inovação, formado por especialistas em sorvete e cerveja, até ser lançada pelas marcas Frisabor e Ekäut.

A escolhida foi uma cerveja American IPA (India Pale Ale), tipo encorpado da bebida, com sabor frutado e amargor alto. “Durante os testes, fizemos experiências com várias cervejas de vários tipos até chegarmos no rótulo atual. Colocamos uma base neutra e deixar o sabor da cerveja mais forte. Chegamos ao resultado de cerveja no palito”, afirmou o gerente industrial da Frisabor, Ricardo Bicalho.

Sem leite ou outro produto de origem animal na composição, o picolé também é vegano. “Percebemos que a base de leite mascarava um pouco o sabor da cerveja, então decidimos tirar para preservar o sabor. É uma criação que tem como alvo o público cervejeiro”, afirmou o diretor executivo da Ekäut, Diogo Chiaradia.

Com 3,25% de teor alcoólico, o picolé é liberado apenas para maiores de 18 anos. “O nosso foco grande é no verão e no nosso carnaval, mas no Nordeste, o picolé tem uma sazonalidade muito menor do que no Sudeste, porque a gente tem verão o ano inteiro, praticamente. Então é um produto que vai perdurar o ano inteiro”, afirmou Charadia.

Após a produção do primeiro lote, a expectativa é que o consumidor possa encontrar o produto em sorveterias e na cervejaria a partir do dia 9 de janeiro, pelo preço de R$ 7. "Já estamos pensando nos próximos produtos a partir da parceria", afirmou o diretor geral da Frisabor, Gustavo Neves.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho