Hoje: 05/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Assessor parlamentar é preso acusado de participação em roubo a casa de Janaína Riva

Assessor parlamentar é preso acusado de participação em roubo a casa de Janaína Riva

  • 07/01/2020
  • Olhar Direto

O assessor parlamentar da deputada Janaína Riva (MDB), Odnilton Gonçalo Carvalho Campos, é um dos presos na ‘Operação Judas Iscariotes’, deflagrada na última segunda-feira (06), pela Polícia Civil. Ele é apontado como uma das pessoas de confiança da família. Além deste, mais um mandado havia sido cumprido

Odnilton figura no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) como assessor parlamentar, lotado no gabinete da deputada Janaína Riva. Até o momento, a Polícia Civil não divulgou muitos detalhes da operação, já que nem todos os mandados foram cumpridos.

Curiosamente, publicação da Assembleia Legislativa mostra que Odnilton iria sair de férias na última segunda-feira (06) e só retornaria em fevereiro. Não foi informado se ele foi exonerado.
 
O mandado contra o servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso teria sido cumprido na casa da parlamentar, já que o homem seria motorista de Janaína Riva. Isso teria inclusive facilitado a entrada dos criminosos na casa da deputada, já que os bandidos usaram o controle do portão.
 
A deputada informou que recebeu com surpresa a informação da prisão de um dos servidores que estaria envolvido no assalto.
 
Janaina informa que, por enquanto, não vai se manifestar sobre assunto até conhecer o teor do inquérito policial que levou à essas prisões. "Confio no trabalho da polícia, porém, ainda não tomei conhecimento sobre qual teria sido o envolvimento dele e muito menos das provas que subsidiaram os mandados de prisão. Vou aguardar a conclusão do inquérito", finaliza.
 
As investigações tiveram início após o registro do roubo, ocorrido no dia 24 dezembro, e identificaram mais cinco pessoas envolvidas no crime. O delegado Guilherme Fachinelli preside o inquérito e representou pelos cinco pedidos de prisões e quatro mandados de buscas, deferidos pelo juiz plantonista da Comarca de Cuiabá

O crime ocorreu na madrugada de 24 de dezembro quando dois homens invadiram a residência no bairro Santa Rosa, onde mora a deputada estadual Janaína Riva e seu esposo. Segundo relato das vítimas, conforme observado nas câmeras de monitoramento da casa, os homens conseguiram abrir o portão eletrônico e seguiram para o quarto do casal, agindo com agressividade e truculência, apontando as armas.
 
Os dois homens ficaram na casa por dez minutos e levaram dinheiro, joias e celular. Segundo checagem no sistema de monitoramento de tornozeleiras, foi identificado o sinal de uma pessoa monitorada (W.T.A.S., 24 anos) na região onde ocorreu o roubo.

O suspeito foi reconhecido por foto pelas vítimas como um dos autores do roubo. O celular levado foi localizado em um terreno baldio no bairro Pascoal Ramos. Quatro pessoas, entre elas o suspeito reconhecido pelas vítimas, foram presas no mesmo dia do crime, com o dinheiro roubado.

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho