Hoje: 08/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Avião com documentação vencida cai, piloto tenta esconder aeronave com lona e foge em MT

Avião com documentação vencida cai, piloto tenta esconder aeronave com lona e foge em MT

  • 10/01/2020
  • TV Centro América

Hipótese levantada pela polícia é que, por causa da autorização vencida para voos, a queda não foi comunicada às autoridades. O local do acidente foi isolado devido a um vazamento de combustível e risco de explosões.

 

Um avião com documentação vencida caiu na região da Gleba Rio Vermelho, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, no fim da tarde dessa quinta-feira (9). Em seguida, o piloto tentou esconder a aeronave com uma lona e fugiu do local do acidente.

De acordo com a Polícia Militar, a principal suspeita era que o avião foi usado para transporte de drogas, entretanto, essa possibilidade foi descartada após perícia da Polícia Federal.

O piloto foi localizado horas depois do acidente. Segundo a polícia, ele teria fugido do local devido a documentação que está vencida desde 26 de junho de 2019.

O avião era utilizado para uso particular.

“Foi constatado que o avião não era utilizado para transporte ou contrabando de explosivos. Também não tinha sinais de entorpecentes. Em entrevista com o próprio piloto, ele disse que fez o voo, mas, ao aterrissar, teria perdido o controle da aeronave e tombou”, explicou o tenente Felipe.

Segundo a polícia, o piloto estava sozinho na aeronave e não se feriu. O local do acidente foi isolado devido a um vazamento de combustível e risco de explosões.

O prefixo da aeronave, conforme registro na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), é PT-BNF.

De acordo com a Agência, o avião tem categoria de voos privados e tinha operação negada para táxi-aéreo. Devido a documentação vencida, o veículo não tinha autorização para voar.

A hipótese levantada pela investigação é que, por causa das irregularidades, a queda não foi comunicada às autoridades.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho