Hoje: 06/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Ministério da Justiça vai divulgar dados de homicídios dolosos no país

Ministério da Justiça vai divulgar dados de homicídios dolosos no país

  • 16/01/2020
  • R7

Pasta de Sérgio Moro vai tornar público informações sobre homicídios dolosos (quando há intenção de matar) de todos municípios brasileiros

 

O MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) vai disponibilizar os dados de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) de todos os municípios brasileiros, conforme divulgado pela pasta nesta quinta-feira (16).

De acordo com o ministério, as informações sobre os crimes têm como bas eos boletins de ocorrência registrados e vão ficar disponíveis "para consulta de forma fácil e transparente" no site da pasta, na plataforma Sinesp, que tem dados nacionais desde o ano passado.

A integração das estatísticas federal e estaduais devem auxiliar os governos na definicação de políticas públicas para redução de homicídios. Por ora, a pasta diz que os dados correspondem ao período de janeiro de 2018 a setembro de 2019 e devem ser atualizados mensalmente.

"Os indicadores serão estruturados por meio de duas unidades de medida: ocorrências (número de fatos registrados em Boletins de Ocorrência) e vítimas de homicídio (número de vítimas envolvidas nas ocorrências), além do período (mês/ano)", explicou o MJSP.

A Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) deve ser a responsável por receber os dados, checar e fazer a divulgação, segundo a pasta.

 

Queda nos homicídios

 

Segundo o Ministério da Justiça, o Brasil registrou uma queda nos índices de criminalidade entre janeiro e setembro de 2019. Os dados oficiais apontam uma redução de 21,4% no número de homicídios em comparação com o mesmo período de 2018. Os dados estão disponíveis para consulta no Sinesp.

"As ocorrências de estupro (6,4%), furto de veículo (12,2%), lesão corporal seguida de morte (1,5%), latrocínio (22,2%), tentativa de homicídio (6,8%), roubos às instituições financeiras (38,4%), de cargas (23,3%) e de veículos (26,4 %) também registraram queda", complementou a pasta.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho