Hoje: 05/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Militares impedem tentativa de suicídio de mulher na Trincheira da Guia

Militares impedem tentativa de suicídio de mulher na Trincheira da Guia

  • 16/01/2020
  • Olhar Direto

Militares da Polícia e do Corpo de Bombeiros conseguiram salvar uma mulher que ameaçava se jogar na trincheira que dá acesso à rodovia Helder Cândia, conhecida como Estrada Guia (MT-010), perímetro urbano de Cuiabá. O episódio foi registrado na noite de quarta-feira (15).

A vítima, cuja idade não foi divulgada, ficou por alguns minutos segurando em uma barra da trincheira. Acionada, a Polícia Militar chegou primeiramente no local e conversou com a vítima. Logo depois, o Corpo de Bombeiros também compareceu e conseguiu puxar a mulher.

Ao menos quatro militares atuaram na ocorrência. Ela foi encaminhada para atendimento médico e psicológico em uma unidade de saúde. Vídeo feito por testemunhas mostra o momento do resgate.

 

Sobre o suicídio
 
O suicídio é um problema de saúde pública que mata pelo menos um brasileiro a cada 45 minutos, mais do que a Aids e muitos tipos de câncer, porém pode ser prevenido em 9 de cada 10 casos. O movimento Setembro Amarelo, mês mundial de prevenção do suicídio, iniciado em 2015, visa sensibilizar e conscientizar a população sobre a questão.

 

Sobre o CVV
 
O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os cerca de 3 milhões de atendimentos anuais são realizados por 3.000 voluntários em 104 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo site via chat ou e-mail. A entidade realiza também ações presenciais, como palestras, cursos e grupos de apoio a sobreviventes do suicídio – GASS (https://www.cvv.org.br/cvv-comunidade/).
 
 

Serviço

 

CUIABÁ

Centro de Atendimento Psicossocial Álcool, Drogas e Adolescência (CAPS Adolescer)
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h.
Avenida Romania, sem número - Bairro Jardim Europa
65 3617-1835 ou 65 3617-1836

Centro de Atendimento Psicossocial CPA (CAPS CPA)
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h.
Rua Pardal, Quadra 110 - Bairro CPA 4
65 3649-1968 ou 65 3649-6618

Centro de Atendimento Psicossocial 2 - Verdão (CAPS Verdão) - Atendimento Adulto
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h.
Rua Rio Grande do Sul, 504 - Bairro Jardim Paulista
65 3617-1830 ou 65 3617-1831

VÁRZEA GRANDE

Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD)
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h. Segunda-Feira a Quinta-feira, das 18h às 21h.
Avenida Castelo Branco, 2333 - Bairro Água Limpa
65 3688-3045 ou 65 98404-9468 

Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil - Sérgio Luiz Ferreira da Silva (CAPSi)
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h
Rua Presidente Prudente de Moraes, 1130 - Bairro Ipase
65 3688-3046 ou 65 98464-6511

Centro de Atendimento Psicossocial Transtorno Mental (CAPS II)
Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 7h às 17h
Rua Fenellon Muller, 579 - Bairro Centro
65 3688-3112 ou 65 98459-4676

Os endereços dos demais CAPS do estado de Mato Grosso podem ser conferidos aqui.
 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho