Hoje: 23/01/2020
    Horas: 00:00:00
×
Família acusa creche de deixar bebê sozinha trancada no DF

Família acusa creche de deixar bebê sozinha trancada no DF

  • 16/01/2020
  • Metrópoles

Criança de 9 meses, ainda de acordo com a denúncia, foi achada ensanguentada na instituição privada de Taguatinga Norte

 

A  Polícia Civil do Distrito Federal investiga uma creche privada de Taguatinga Norte, após um criança de nove meses ser esquecida por funcionários no local. A criança se machucou ao, supostamente, cair do carrinho. A pequena foi encontrada pela avó com as roupas sujas de sangue. O caso foi registrado na 12ª DP (Taguatinga Centro) como lesão corporal culposa.

A queda provocou edema labial, lesão contusa na gengiva, sangramentos e hematomas, de acordo com o receituário médico de atendimento hospitalar. Em um relato pelas redes sociais, Ângela Rachel Procópio Leite, avó da bebê, explicou que o fato ocorreu em 16 de dezembro do ano passado, mas a família decidiu tornar pública a denúncia agora, após ver o anúncio de retorno das aulas na unidade e efetivação de novas matrículas.

Segundo a família, no dia dos fatos, a escola encerrou o expediente antes mesmo de devolver a criança aos responsáveis. “Fui buscar a bebê. A creche estava fechada no cadeado, com todas as luzes apagadas. Estranhei e imediatamente liguei para a dona da creche. Minutos depois, por volta das 19h, ela chegou e, novamente, eu perguntei onde a bebê estava e que era muito estranho tudo apagado e trancafiado com cadeado”, relatou Ângela.

Quando a proprietária chegou ao local, a avó encontrou a criança ensanguentada (bocas e nariz) e chorando. “Fiquei transtornada, vendo a bebê naquele estado, e só me preocupei em dar socorro a ela. A médica solicitou que a bebê ficasse em observação por ao menos oito horas”, detalhou. Com a saúde da neta estável, Ângela voltou a questionar a dona da creche sobre o que ocorreu.

Acompanhada da mãe da criança, Marina Leite Pereira, a avó foi até a escola e solicitou acesso às imagens das câmeras de segurança. “Fomos informadas que não tinham manutenção há algum tempo e as imagens estavam ruins. Por fim, ela nos mostrou um vídeo que mostrava apenas uma pessoa balançando um carrinho, mas não deu para saber se a bebê que estava no carrinho era a minha neta. Não conseguimos ver mais nenhuma imagem”, destacou.

A família informou que, após os questionamentos, a proprietária afirmou que a bebê tinha sido esquecida na creche. Acrescentou, segundo a versão da avó, que possivelmente a bebê estivesse dormindo no carrinho quando a monitora saiu.

Os fatos constatam que “a bebê foi esquecida pela dona da creche, que foi embora sem verificar se ainda havia alguma criança. A criança de nove meses ficou pelo menos 30 minutos sozinha, no escuro, caída no chão e ensanguentada”, ressaltou a avó na publicação.

A reportagem não conseguiu contato com a instituição. Segundo a Secretaria de Educação, a creche não é credenciada. Ou seja, funciona de forma irregular.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho