Hoje: 02/04/2020
    Horas: 00:00:00
×
MP investiga se agentes públicos facilitaram fuga em massa em presídio no Acre

MP investiga se agentes públicos facilitaram fuga em massa em presídio no Acre

  • 21/01/2020
  • G1 AC

Vinte e seis presos fugiram do Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde, em Rio Branco, na madrugada de segunda-feira (20). Seis foram recapturados até esta terça (21).

 

O Ministério Público do Acre (MP-AC) anunciou que vai acompanhar as investigações sobre a fuga dos 26 presos, na madrugada de segunda-feira (20), no Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde, em Rio Branco.

Um procedimento administrativo deve ser instaurado para apurar os fatores, tanto estruturais, como humanos, que possam ter contribuído para a fuga em massa no maior presídio do estado. Além de saber se houve facilitação por parte de agentes públicos.

Os presos escaparam por um buraco aberto na parede de uma cela do Pavilhão L, onde cumprem pena em regime fechado. Depois, eles usaram cordas improvisadas com lençóis para escalar o muro da unidade prisional.

O grupo é da facção criminosa denominada Bonde dos 13, aliada ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua em vários estados brasileiros.

Dos presos, seis foram recapturados e outros 20 seguem foragidos. A fuga ocorre após um fim de semana violento com sete execuções.

O MP-AC também comentou sobre a chacina que ocorreu na noite de sábado (18), na zona rural de Rio Branco, no km 100 na estrada Transacreana.

Para o órgão, é prematuro afirmar que a rivalidade entre facções possa ter motivado o crime. Isso porque pode ter sido provocado por conflitos agrários, domínio de rota de drogas ou roubo de gado, que, segundo o MP, são crimes comuns naquela região.

 

PRF e Exército reforçam policiamento

 

Após a fuga, a Secretaria de Segurança Pública do estado afirmou que a Polícia Rodoviária Federal do Acre e militares do 4° BIS do Exército Brasileiro reforçam as barreiras policiais nas rodovias federais na capital e do interior do Acre.

Em coletiva, o secretário de Segurança em exercício, Ricardo dos Santos, não descartou uma possível ligação entre a fuga em massa no Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde e o caso dos 76 detentos que fugiram de um presídio no Paraguai, no domingo (19).

 

Mortes violentas

 

Esquartejamentos, execuções e chacina. A onda de violência voltou a assustar no início de 2020 no Acre. Em 18 dias de janeiro, 29 pessoas morreram de forma violenta no estado. A motivação, na maioria dos homicídios: guerra de facções por domínio de território.

Em todo mês de janeiro de 2019, o Acre registrou 32 mortes violentas. Os dados são do índice nacional de homicídios criado pelo G1, que faz parte do Monitor da Violência.

 

Medidas tomadas após a fuga foram:

 

 

  • O reforço das barreiras policiais na capital e municípios com o apoio da Polícia Rodoviária Federal e 4° BIS – Exército Brasileiro, nas barreiras em rodovias federais;
  • Acionamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Rondônia e do Amazonas para implantação de barreiras e fiscalização nas áreas de fronteira e rodovias federais;
  • Acionamento da Polícia Federal para apoio com equipes de inteligência para avaliação das circunstâncias de fuga, bem como o apoio de fiscalizações em aeroportos;
  • Acionamento do Centro Integrado Regional de Inteligência para apoio quanto à produção de conhecimento sobre o ocorrido;
  • Determinação para realização de revistas em todos os presídios do estado, com vistas a evitar novas fugas;
  • Acionamento dos corregedores da Polícia Militar e Polícia Penal para instaurar apuração imediata de eventuais responsabilidades pela fuga no aspecto administrativo, visto que a Polícia Civil irá atuar no aspecto penal;
  • E solicitação de apoio do Ministério Público e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para acompanhar as ações de investigação durante as ações que vão apurar eventuais responsabilidades pela fuga dos detentos.

 

Confira os nomes dos que seguem foragidos:

 

 

  1. Francisco Santos Braga
  2. Rogério Furtado dos Santos
  3. Ariclene Firmiano da Silva
  4. Dheyci de Angelo Lima e Lima
  5. Aloísio Lucas Mesquita
  6. Diego Oliveira da Silva
  7. Mirleson Nascimento da Silva
  8. Saymon Wallace Fonseca do Nascimento
  9. Valber de Aguiar Morais
  10. Anderson de Souza Alves
  11. Raimundo Nonato dos Santos Fonseca
  12. Jaciel Batista do Nascimento
  13. Wellington de Souza Lima
  14. Lucas Souza da Silva
  15. Joel Menezes de Queiroz
  16. Francisane Rocha Ribeiro
  17. Ronicley Ribeiro da Silva
  18. José Valdenes Viana da Silva
  19. Gerilto Caetano da Silva
  20. Sebastião Weverton Lima de França

 

  •  

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho