Hoje: 18/02/2020
    Horas: 00:00:00
×
Criança de 1 ano vai para UTI após queda de balanço em MT

Criança de 1 ano vai para UTI após queda de balanço em MT

  • 24/01/2020
  • TV Centro América

Um bebê de um ano e três meses sofreu um grave acidente em uma creche particular em Campo Verde, a 139 km de Cuiabá. Benjamin Miguel Rodrigues de Oliveira está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Rondonópolis, a 218 km da capital, há duas semanas.

Segundo os pais, a creche informou que a criança caiu de um balanço. O pai de Benjamin, Wanderley de Oliveira da Silva, contou que ouviu várias versões do ocorrido. O acidente aconteceu no dia 10 deste mês.

Segundo Wanderley, o filho saiu do coma na terça-feira (21), mas está com a mobilidade reduzida. Por exemplo, não está conseguindo mexer o pescoço.

Ele ainda disse que está tentando entender o que aconteceu e dando apoio a mãe do filho dele, pois ela está muito abalada. “Não é fácil, tem que ser forte até porque minha esposa está mal psicologicamente. Ouvi várias histórias sobre o que aconteceu. Eu tenho que ser forte para manter ela bem”, contou o pai, emocionado.

Com o impacto da queda, Benjamin bateu a cabeça e sofreu um corte na testa. Após o acidente, ele foi levado para um hospital da cidade e em seguida transferido para o Hospital Regional.

Devido à gravidade do acidente, Benjamim foi transferido pela segunda vez para a Santa Casa de Rondonópolis, onde permaneceu, pois o hospital é o único da região que tem UTI pediátrica. Nesta sexta-feira (24), completa 14 dias que o bebê está internado.

O G1 tentou falar com a creche mas ninguém atendeu as ligações. Os pais contaram que a creche informou que nenhum funcionário do estabelecimento viu o acidente acontecer.

A delegacia de Campo Verde declarou que vai chamar a responsável da creche para dar depoimento. A Polícia Civil ouviu uma pessoa que prestou socorro à criança e também uma das cuidadoras que trabalha no local.

O caso é apurado.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho