Hoje: 29/05/2020
    Horas: 00:00:00
×
Secretário de Saúde e duas servidoras são afastados em São Bento do Sul por suspeita de fraude na fila do SUS

Secretário de Saúde e duas servidoras são afastados em São Bento do Sul por suspeita de fraude na fila do SUS

  • 18/02/2020
  • G1 SC

Segundo a Polícia Civil, eles estão envolvidos em esquema pelo qual faziam exames e procedimentos médicos em casos que não eram urgentes ou de emergência.

 

O secretário de Saúde de São Bento do Sul, Manuel Del Olmo, e duas servidoras da pasta municipal foram afastados dos cargos nesta segunda-feira (17) por ordem judicial. Os mandados foram cumpridos durante operação da Polícia Civil. Os três são suspeitos de fraude na fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS). Foram cumpridos ainda mandados de busca e apreensão.

G1 não conseguiu contato com Del Olmo e nem com a Secretaria de Saúde.

A investigação começou há mais de um ano, a partir de informações de que servidores e conhecidos estariam se beneficiando de alterações na prioridade na fila do SUS, fazendo exames e procedimentos médicos em casos que não eram urgentes ou de emergência. As autorizações irregulares contrariavam inclusive pareceres do próprio médico responsável pela triagem dos casos.

Na tarde desta segunda foram apreendidos documentos durante buscas na Secretaria de Saúde municipal e em duas clínicas particulares da cidade. Conforme a polícia, as clínicas e os donos não têm envolvimento no suposto esquema.

Além do afastamento, a Justiça determinou ainda a proibição de contato entre os suspeitos. O prazo da medida é de 30 dias e pode ser aumentado a pedido da Polícia Civil ou do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

A investigação já ouviu testemunhas e mais de uma dezena ainda serão chamadas, inclusive os suspeitos. Os investigados podem responder por falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema público.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho