Hoje: 05/06/2020
    Horas: 00:00:00
×
Globo é acusada de pagar propina por transmissão da Copa do Qatar

Globo é acusada de pagar propina por transmissão da Copa do Qatar

  • 08/04/2020
  • R7

Investigação nos Estados Unidos liga emissora a esquema internacional de corrupção, que inclui ainda Fox Sports e Televisa

 

As investigações sobre um esquema internacional de corrupção envolvendo a Copa do Mundo de 2022 no Qatar envolvem a TV Globo. A emissora brasileira aparece ao lado do canal americano Fox Sports e da rede mexicana Televisa como suspeitas de pagarem propina para comprar os direitos de transmissão de jogos.

Dois executivos da divisão da Fox para a América Latina foram acusados de montar um esquema de empresas fantasmas na Europa e no Caribe para esconder o dinheiro de suborno. Entre as transferências suspeitas, os promotores americanos apontaram uma no valor de 2 milhões de dólares feita pela Globo.

Em entrevista ao Jornal da Record, o jornalista americano Ken Bensinger, autor do livro Cartão vermelho: Como os dirigentes da Fifa criaram o maior escândalo da história do esporte, afirma que pagamentos também foram feitos no mesmo esquema para garantir os direitos de transmissão das copas de 2026 e 2030. "Encorajo as pessoas a procurarem saber quem tem esses direitos no Brasil. Talvez seja uma informação útil", disse. 

De acordo com um documento da justiça americana revelado na última segunda-feira (7), o ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira teria recebido propina para votar a favor do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022. 

"Vários membros do comitê executivo receberam subornos em conexão com seus votos. Por exemplo, os réus Ricardo Teixeira, Nicolas Leoz [ex-presidente da Conmebol] receberam pagamentos de suborno em troca de seus votos a favor do Qatar para sediar a Copa do Mundo de 2022", afirma o documento, que não revela os valores pagos aos cartolas.

Ainda segundo a justiça americana, representantes que trabalhavam para Rússia e Qatar subornaram dirigentes do comitê executivo da Fifa para conseguirem os votos necessários para sediar a competição.

O indiciamento também alega que o vice-presidente da Fifa, Jack Warner, recebeu 5 milhões de dólares através de várias empresas de fachada para votar na Rússia como sede da Copa do Mundo de 2018.

Procuradas pelo Jornal da Record, as assessorias das emissoras Fox, Televisa e Globo não foram localizadas pela reportagem.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho