Hoje: 11/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Coronavírus: receio de contágio reduz busca por diagnóstico de câncer de mama, diz especialista

Coronavírus: receio de contágio reduz busca por diagnóstico de câncer de mama, diz especialista

  • 29/05/2020
  • NSC Total

Médica Aline Guimarães destaca que atenção precoce à doença aumenta a chance de cura 

 

Em março e abril, houve uma redução de 75% no número de diagnósticos e tratamentos de câncer de mama em SC, na comparação com 2019. A informação é da Sociedade Brasileira de Mastologia, relatou a médica radiologista especialista em imagem mamária, Aline Guimarães nesta quinta-feira (28), Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher. O receio de contágio por coronavírus fez com que muitas pacientes adiassem a procura por atendimento, afirmou a médica em entrevista ao Notícia na Manhã.

- O câncer de mama é uma doença que, quando diagnosticada precocemente, tem 95% de chance de cura. É fundamental encontrar essas mulheres ainda sem sintomas. A mamografia pode detectar um tumor inicial quando ainda não é palpável. Ele tem maior chance de cura e terá um tratamento menos agressivo, com menos impacto na qualidade de vida da paciente – explicou.

Aline Guimarães enfatiza que o estilo de vida da mulher pode ajudar a prevenir a doença. No entanto, mesmo com alimentação saudável, sem uso de cigarros e com a prática de atividade física, não é impossível a paciente ter a doença.

- Às vezes, uma mulher relativamente jovem, 40 e 50 anos, deixa de ir ao médico e receber um diagnóstico precoce. O malefício do câncer pode ser pior do que a Covid tem se mostrado em pessoas sem fator de risco. Talvez, tenhamos que conviver com pandemia por longos meses. Essa e outras doenças precisam de cuidados – afirmou.

Pacientes com doenças do coração e diabetes também estão entre as que precisam de atenção especial mesmo durante a pandemia.

- É importante ter as doenças controladas com medicações. Os médicos estão se adaptando e há atendimento por telemedicina, se pessoa preferir não sair de casa. Com certeza, deve ficar de recado para as mulheres que as doenças continuam a acontecer. Os cuidados com as doenças crônicas precisam ser mantidos – declarou.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho