Hoje: 10/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Usuária de drogas coloca cachimbo na boca de bebê e quase é linchada

Usuária de drogas coloca cachimbo na boca de bebê e quase é linchada

  • 22/06/2020
  • Repórter MT

Mulher foi presa em flagrante e criança deixada aos cuidados de uma vizinha após o Conselho Tutelar afirmar que não poderia atender a ocorrência devido ao horário

 

Usuária de drogas quase é linchada pela população após ser flagrada colocando um cachimbo artesanal, usado para fumar crack, na boca da filha que estava em um carrinho. De acordo com os policiais, a criança tem entre 6 meses a no máximo um ano. O caso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (22), no bairro Grande Terceiro, em Cuiabá, e a mulher foi presa em flagrante.

 

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que flagraram a cena. Quando os policiais chegaram ao local, se depararam com a acusada, que já é conhecida da polícia pelo uso de drogas na região. A mulher estava bastante agressiva, gritando muito, e aparentemente sob o efeito de entorpecente. . Ela tinha uma lesão na cabeça e outra no braço.

Uma testemunha afirmou que a usuária de drogas estava com a criança pequena no carrinho, dando voltas pela rua, de forma descontrolada, quando flagrou ela colocando o cachimbo artesanal na boca do bebê.

Neste momento, várias pessoas cercaram a acusada e tomaram a criança dela, acionando a polícia em seguida. Foi quando a mulher ficou muito agressiva e houve uma tentativa de linchamento.

Os policiais acionaram o Conselho Tutelar, mas a plantonista afirmou que não tinha como acolher a criança devido ao horário.

A acusada foi encaminhada para a Policlínica do Verdão, mas não recebeu atendimento devido aos casos de covid-19. Em seguida, foi levada à Policlínica do Planalto, onde o fato se repetiu. A polícia teve que levar a mulher até a Policlínica do Coxipó, onde foi medicada e liberada.

Em seguida, foi encaminhada para a Central de Flagrantes.

Como o Conselho Tutelar não compareceu ao local dos fatos, a criança foi deixada aos cuidados de uma vizinha. Durante a confecção do boletim de ocorrência, no entanto, a conselheira tutelar de plantão compareceu à delegacia.

A acusada não estava com documentos de identificação e se recusou a passar as informações pessoais.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho