Hoje: 08/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
PF realiza operação contra fraudes tributárias em Barra do Garças

PF realiza operação contra fraudes tributárias em Barra do Garças

  • 23/06/2020
  • Gazeta Digital

A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (23) a Operação Ecdisona, em Barra do Garças (509 km a leste da Capital), contra empresas que praticavam fraudes tributárias com uso de “laranjas” que causou cerca de R$ 12 milhões em prejuízos aos cofres públicos. São cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva.  

As investigações apontam que os suspeitos vinham realizando operações fraudulentas em empresas da região com grandes dívidas tributárias e previdenciárias, aliciando empresários que se beneficiam de forma ilícita ao frustrarem o pagamento de obrigações.  

Empresários eram usados como sócios fictícios, os “laranjas”, para ocultar o nome dos verdadeiros proprietários, para que eles pudessem sonegar impostos e se livrar de dívidas tributárias ao criar novas empresas para prestar o mesmo serviço ou fornecer o mesmo produto, apenas com um nome diferente.

Uma das empresas investigadas tinha dívidas de R$ 5 milhões com a União e estava em nome de pessoas que não possuíam bens que pudessem ser usados para pagar esse débito. Enquanto isso, os verdadeiros proprietários tinham outras empresas, sempre se escondendo atrás de sócios fictícios para não pagar essa dívida com a União.

As investigações da Polícia Federal em Barra do Garças prosseguirão com ações n os próximos dias.

O nome da operação é uma referência ao hormônio responsável pela “ecdise”, processo de troca de exoesqueleto (troca de pele) de alguns animais como as cobras. De forma análoga a estes animais, as empresas beneficiadas pelo esquema criminoso, antes endividadas, realizaram alterações empresariais que permitiram continuar suas atividades sob nova roupagem, livre de dívidas.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho