Hoje: 08/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Inédito bitrem dobrável entra em operação no Brasil

Inédito bitrem dobrável entra em operação no Brasil

  • 23/06/2020
  • Celulose Online

Bitrem dobrável que começou a rodar no transporte de toras da fazenda da Klabin, no Paraná, tem comprimento variável entre 19 m (carregado) e 15 m (vaz. Empresa enxerga ganhos operacionais com a nova tecnologia

 

A Klabin acaba de dar início à operação de um bitrem dobrável no Brasil. O implemento, atrelado a um Mercedes-Benz Axor 3344, atua em uma área re reflorestamento da empresa do setor de celulose e papel em Campos Gerais, no Paraná. O equipamento é inédito no País, foi desenvolvido e feito na Austrália e adaptado pela Unidade de Inovação da Klabin.

O bitrem dobrável é destinado ao transporte de toras de árvores. Quando está carregado o equipamento tem 19 metros de comprimento. Com o implemento vazio, é possível recolher uma parte da primeira carreta, que fica sobre o chassi do caminhão. Com isso, o comprimento é reduzido para 15 m. A solução inusitada não reduz a capacidade de carga do bitrem. Mesmo sendo dobrável, o implemento manteve o Peso Bruto Total Combinado (PBTC) igual ao de uma versão convencional de 57 toneladas.

Mesmo sendo dobrável, bitrem tem a mesma capacidade de carga e PBTC de um implemento convencional de 57 toneladas. 

 

Bitrem dobrável é único no Brasil

 

Segundo informações da Klabin, o novo equipamento traz várias vantagens quando comparado ao bitrem tradicional. A mais importante é a agilidade de trafegar na área do plantio, uma vez que o implemento ocupa menos espaço para rodar. Em relação aos modelos tradicionais, o sistema dobrável precisa de uma área muito menor para manobrar.

Isso, de acordo com a empresa, se traduz em melhores condições de direção e aderência em declives, por exemplo. “A Klabin investe constantemente em sistemas e tecnologias visando aumentar a eficiência do negócio e manter seu pioneirismo”, diz o diretor florestal da empresa, José Totti.

Há ganho também no tráfego em rodovias. O novo veículo pode, segundo a Klabin, rodar em maior velocidade média, o que garante ultrapassagens com mais segurança. Outra vantagem é em relação ao custo de operação e manutenção. Quando o bitrem está dobrado, dois eixos e oito pneus ficam erguidos, o que reduz o desgaste de componentes.

Por ora o novo implemento está operando em testes. A Klabin informa que pretende liberar novas áreas que podem dar espaço à plantações de árvores. Isso se traduzirá em aumento da produtividade da companhia.

 

Data de Publicação: 19/06/2020 às 14:20hs
Fonte: CELULOSE ONLINE

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho