Hoje: 12/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Polícia faz buscas em operação que investiga irregularidades nas compras de respiradores no Pará

Polícia faz buscas em operação que investiga irregularidades nas compras de respiradores no Pará

  • 23/06/2020
  • TV Globo

Buscas se concentram em endereços do secretário de Saúde do Pará, Alberto Beltrame, em Porto Alegre. Em um triplex do secretário, PF encontrou uma série de obras de arte.

 

A Polícia Federal saiu às ruas nesta terça-feira (23) para cumprir mandados de buscas em operação que investiga irregularidades nas compras de respiradores pelo governo do Pará. As buscas se concentram em endereços do secretário de Saúde do estado, Alberto Beltrame, em Porto Alegre. Ele também é presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

Além da capital gaúcha, há mandados também para a cidade de Xangrilá. Os mandados, sete ao todo, foram autorizados pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A operação foi batizada de Matinta Pereira.

A ação desta terça é um desdobramento da operação Bellum, que no dia 10 de junho cumpriu 23 mandados de busca e apreensão para levantar provas sobre as suspeitas de fraude na compra de equipamento de combate à pandemia do novo coronavírus.

Beltrame já havia sido alvo da Bellum, no início do mês, assim como o governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB).

Em um triplex de Beltrame na capital gaúcha, a Polícia Federal encontrou uma série de obras de arte.

 

Operação Bellum

 

Indícios levantados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) apontam que o governador tem relação próxima com o empresário responsável pela concretização do negócio de compras de respiradores.

As investigações apontam, ainda, que Helder Barbalho sabia que os ventiladores pulmonares que foram comprados eram inadequados para o tratamento da covid-19. O pagamento foi feito de forma adiantada.

Na época da deflagração da Bellum, Helder Barbalho disse que, quando ficou sabendo da inadequação dos equipamentos, agiu a tempo e devolveu o dinheiro aos cofres do estado.

Ainda segundo as investigações, Beltrame tentou maquiar a ilegalidade da compra dos respiradores.

 

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho