Hoje: 06/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Briga de casal com enxada e facão termina no Pronto-Socorro

Briga de casal com enxada e facão termina no Pronto-Socorro

  • 24/06/2020
  • Repórter MT

O casal foi preso após receber atendimento médico. A mulher sofreu ferimentos na cabeça e o homem no pescoço.

 

Briga de casal durante a tarde de terça-feira (23), no meio da Rua Benjamin Constant, terminou com a mulher, 43 anos, ferida na cabeça com golpes de enxada e o marido, 48,com lesões no pescoço causadas por um facão no bairro Jardim Glória, em Várzea Grande.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que recebeu denúncia sobre o fato.

No local, os militares encontraram a vítima com a cabeça ensanguentada, quando explicou aos policiais que após um desentendimento com o marido, o acusado se armou com uma enxada e a agrediu. Ainda segundo a vítima, para se defender, ela se armou com um facão e partiu para cima do marido.

Imediatamente os militares pediram apoio a outra guarnição colocou a mulher na viatura e a levou ao Pronto-Socorro, para receber cuidados médicos.

Em seguida, a PM fez adentramento à residência do casal, onde encontraram o acusado com várias lesões no pescoço, causadas pela esposa com o facão durante a briga. O homem foi encaminhado à mesma unidade de saúde para receber socorro.

Não foi informada a motivação da briga do casal.

Uma escolta militar acompanhou os atendimentos no Pronto-Socorro e aguardou até que os envolvidos fossem liberados, momento em que o casal foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Na unidade de saúde, as partes foram ouvidas pelo delegado de plantão, onde prestaram esclarecimentos e o acusado ficou detido aguardando os procedimentos legais cabíveis ao caso.

A enxada e o facão usados na vias de fato foram apreendidos e entregues na delegacia.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho