Hoje: 12/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Distribuidora é alvo em Cuiabá por venda casada de ivermectina, usada contra Covid

Distribuidora é alvo em Cuiabá por venda casada de ivermectina, usada contra Covid

  • 25/06/2020
  • RD News

Uma distribuidora de medicamentos foi alvo de fiscalização, nesta quarta (24), em mais uma fase da operação integrada da Polícia Civil e Procon de combate venda casada de ivermectina e preços abusivos durante a pandemia, em Cuiabá. O medicamento vem sendo indicado como forma de prevenção à Covid-19. Justamente por isso, vem tendo uma grande procura no mercado. Uma caixa com quatro comprimidos que antes custava em torno de R$ 15, agora se aproxima de R$ 30. 

A ação desencadeada pelos policiais da Equipe Especial da Polícia Civil e da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) atende o cronograma de vistoria em estabelecimentos que comercializam produtos mais procurados em decorrência do novo coronavírus.

A fiscalização foi realizada em uma distribuidora, localizada na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá, sendo verificada a possível de venda casada do medicamento “ivermectina” com outros produtos comercializados pelo estabelecimento.

Os fiscais do Procon documentaram todas a ação para possíveis medidas administrativas em relação ao fato. Durante os trabalhos, foram passadas orientações sobre condutas criminosas nesta época de pandemia.

De acordo com os delegados que coordenaram a operação, Rodrigo Azem Buchdid e Ramiro Mathias Ribeiro Queiroz, o objetivo orientativo e fiscalizatório da operação foi cumprido. Encerrado os trabalhos, foram confeccionados os documentos pertinentes às fiscalizações, não sendo encontrada situação de flagrante no estabelecimento.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho