Hoje: 12/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Morcego que se alimenta de sangue aparece pela 1ª vez no Brasil

Morcego que se alimenta de sangue aparece pela 1ª vez no Brasil

  • 29/06/2020
  • Catraca Livre

Quando a gente que ainda faltam alguns passos até a porta do fim do mundo, vem uma novidade para dar mais um empurrãozinho na gente para mais perto dela. Foi descoberta uma nova espécie de morcego que se alimenta de sangue. E o pior: aqui no Brasil.

A presença do animal, até então inédita no Rio Grande do Sul (RS), foi identificada por técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, em Restinga Seca, na Região Central do estado.

Três animais da espécie Diaemus youngi, de morcegos hematófagos, foram localizados em 2019, entretanto, a captura foi divulgada somente na última sexta-feira, 26, pela secretaria estadual.

Segundo o G1, até então, somente a presença de uma espécie hematófaga era conhecida na região, a Demodus rotundus.

A descoberta foi publicada no periódico científico “Notas sobre Mamíferos Sudamericanos”, da Sociedade Argentina para o Estudo de Mamíferos (Sarem). Após a publicação do artigo, novos espécimes de Diaemus youngi também foram encontrados na região das Missões.

Agora, vamos ao que interessa. Não, o Diaemus Youngi não se alimenta de sangue humano. Porém, ele gosta de sangue de aves silvestres e galinhas criadas soltas. A parte boa disso tudo é que ele não transmite raiva, como é o caso da espécie mais comum no estado.

Wilson Hoffmeister, coordenador do Programa de Controle da Raiva Herbívora da Seapdr, disse que a presença dos animais deve inspirar cuidados.

“Descobrir essa espécie no Rio Grande do Sul pode, por exemplo, explicar a disseminação de doenças em aves que não tinham explicação lógica até o momento”, afirmou

André Witt, analista ambiental da secretaria, disse que, para evitar riscos, os produtores de galinhas devem tomar cuidado com suas criações.

“O ideal é que elas sejam resguardadas no período noturno em galinheiro fechado com telas de diâmetro reduzido, tipo passarinheiras”, explicou.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho