Hoje: 12/07/2020
    Horas: 00:00:00
×
Assembleia publica lei que garante auxílio a professores interinos

Assembleia publica lei que garante auxílio a professores interinos

  • 30/06/2020
  • Nortão Notícias

Após derrubar o veto do governador de MT, Mauro Mendes (DEM) e garantir o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 1,1 mil aos professores contratados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a Assembleia promulgou a Lei aprovada na semana passada.

Agora, o governo do Estado deverá estabelecer os critérios em caráter emergencial para o pagamento que deverá acontecer de maneira imediata. De acordo com o projeto, o pagamento deverá ser feito pela Seduc ou pela Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setasc) e deverá atender cerca de 2,5 mil professores

"A validade e efeitos desta lei durarão enquanto estiver vigente o decreto nº 424, de 25 de março de 2020, que declara a situação de calamidade no Estado de Mato Grosso em decorrência da pandemia do novo coronavírus/covid-19", diz trecho da lei.   

Após a derrubada do veto, o governador chegou a criticar os deputados, questionando se a Assembleia daria R$ 500 milhões para efetuar o pagamento. Em resposta o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), disse que não teria problema em ajudar e lembrou que o legislativo repassou recursos para o governo Mendes para comprar ambulâncias e viaturas para Segurança Pública.

"Não tem problema, a gente arruma esse recurso. O que não pode é virar as costas para esse professores", disse. Botelho também afirmou que já se entendeu com o Executivo e o Legislativo auxiliará nas escolhas dos professores interinos para receberem o benefício.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho