Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Bolsonaro: Auxílio de R$ 600 não poderá ser pago por muito tempo

Bolsonaro: Auxílio de R$ 600 não poderá ser pago por muito tempo

  • 03/07/2020
  • R7

Presidente disse que o pagamento custa R$ 50 bilhões por mês às contas públicas e pediu a reabertura da economia

 

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (2), durante sua live semanal em uma rede social, que o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 não poderá ser prorrogado por muitos meses. Nesta semana, foram aprovadas mais duas parcelas do benefício.

"A gente não pode continuar [o pagamento] pot muito tempo, são R$ 50 bilhões por mês. Não é dinheiro que está sobrando, estamos nos endividando", afirmou. 

O presidente também pediu a prefeitos e governadores a reabertura da economia. ”Coube a nós apenas mandar dinheiro para governos e municípios”, disse em tom crítico à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que deu autonomia a prefeitos e governadores para decidir a respeito dos planos de reabertura.

Bolsonaro ainda lamentou a “destruição de empregos” durante a pandemia do novo coronavírus. “Nós sabemos que 38 milhões de informais tiveram a renda caindo a zero ou reduzida drasticamente”, disse ele ao citar dados da OIT (Organização Internacional do Trabalho), que apurou a redução de 80% de seu poder aquisitivo dos informais.

Ao lado do presidente na live, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o banco trabalha no calendário de pagamento das duas parcelas adicionais do benefício. 

“Na média, as pessoas estão ganhando R$ 900, porque os líderes de família estão ganhando R$ 1.200”, afirmou. Segundo Pedro Guimarães, o auxílio tem impacto positivo maior nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho