Hoje: 10/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Unicef lança guia para evitar evasão escolar de estudantes vulneráveis

Unicef lança guia para evitar evasão escolar de estudantes vulneráveis

  • 24/07/2020
  • R7

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) lança nesta sexta-feira (24), em parceria com a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) a "Busca Ativa Escolar em Crises e Emergência", um guia para apoiar estados e municípios na garantia do direito à educação de crianças e adolescentes em situações de calamidade pública e emergências, como a pandemia da covid-19.

Diante da pandemia do novo coronavírus, escolas precisaram ser fechadas, deixando cerca de 35 milhões de crianças e adolescentes longe das salas de aula. Foram criadas opções para a continuidade da aprendizagem em casa, mas nem todos estão conseguindo manter o processo de aprendizagem — em especial os mais vulneráveis.

O fechamento das escolas gerou impacto negativo significativo na aprendizagem, na nutrição, uma vez que muitas crianças dependem da merenda escolar, e na segurança de crianças e adolescentes.

Mesmo com as opções de atividades para a continuidade das aprendizagens em casa, pelo menos 4,8 milhões de crianças e adolescentes em todo o Brasil não têm acesso à internet em casa, além de outros milhões com acesso precário ou falta de equipamento, o que prejudica o vínculo com a escola durante todo o período de isolamento social. Tudo isso, somado às dificuldades econômicas, contribuem para o abandono escolar.

Para reverter esse quadro, mesmo enquanto as escolas ainda estão fisicamente fechadas, é preciso ir atrás de cada um deles e tomar as medidas necessárias para que consigam retomar os estudos e seguir aprendendo. É isso que propõe a Busca Ativa Escolar, estratégia lançada em 2017 e agora adaptada para situações de calamidade pública e emergências, como a pandemia da covid-19

O guia busca auxiliar as escolas no seu planejamento de reabertura ou de readequação de ações. Está dividido em três seções, trazendo orientações para potencializar a Busca Ativa Escolar e enfrentar a crise, e orientações para o acolhimento e o cuidado dentro das escolas, divididos por etapa escolar.

 

É urgente preparar as escolas para reabrir em segurança

 

Além de encontrar meninas e meninos que estão fora da escola, ou em risco de abandonar os estudos, as escolas devem se preparar para receber os estudantes em segurança. O que inclui adaptações no ambiente escolar e no transporte, na ventilação das salas de aulas e no acesso a água e saneamento.

Há também que se investir em práticas pedagógicas e apoio psicossocial a educadores e profissionais para a retomada.

 

Lançamento da Busca Ativa Escolar

 

O guia Busca Ativa Escolar em Crises e Emergência é fruto da parceria do Unicef  com a Undime, o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). O lançamento ocorre em um evento virtual nesta sexta-feira (24). 

 

Live de lançamento:

 

Quando: Sexta-feira 24 de julho de 2020, às 15h
Onde: YouTube do Conviva Educação https://bit.ly/2FvHsAJ

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho