Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Homem que matou e queimou prostituta é preso por ameaçar de morte colegas da esposa

Homem que matou e queimou prostituta é preso por ameaçar de morte colegas da esposa

  • 27/07/2020
  • Repórter MT

Weber Melquis Venande de Oliveira, condenado a 17 anos por assassinar a facadas e, em seguida, queimar o corpo da garota de programa Katsue Stefane Santos Vieira dentro do forno da pizzaria do pai, em 2012, foi preso nesta sexta-feira (24), em Cuiabá, após ameaçar colegas de trabalho da sua esposa com uma faca, no Hospital Santa Helena, e agredir com capacete pessoas que estavam em frente à unidade.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no hospital, o acusado já tinha fugido. Um funcionário contou que o homem chegou na tarde de sexta-feira ao hospital perguntando "Se tá bem? Se tá bem?" e, em seguida, começou ameaçá-lo com uma faca insinuando que estaria tendo um caso com sua esposa.

A vítima conta que quando a supervisora de recepção chegou, ele saiu correndo, com medo do acusado.

No local, a polícia disse que colheu informações de que o suspeito, antes de deixar a unidade de saúde, ainda agrediu e ameaçou médicos e enfermeiros, além de dar golpes de capacete em quatro pessoas que estavam em frente ao hospital.

À polícia, a mulher do acusado contou que seu marido tem ciúmes dela e, por esse motivo, foi até o local e ameaçou seu colega de trabalho e outros funcionários.

Por saber do histórico violento de seu marido, ela disse aos militares que não tinha interesse em representá-lo.

Os policiais verificaram que o acusado utiliza tornozeleira eletrônica e foram até o endereço dele.

Ao perceber a presença da polícia, Weber Melquis, que estava em frente ao bloco onde mora, correu para dentro de seu apartamento e se trancou. Os policiais deram ordem para que ele abrisse a porta, mas ele não cumpriu. Os policiais forçaram a entrada e prenderam o acusado sendo que foi necessário o uso da força proporcional e algemas, pois ele resistiu à prisão.

Ele foi encaminhado para Central de Flagrantes para o registro da ocorrência.

 

O caso

 

Em 2015, três anos após matar a garota de programa, Weber Melquis Venande de Oliveira foi condenado pelo tribunal do júri a 17 anos de prisão em regime fechado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver de Katsue Stefane Santos Vieira, 25.

Dois anos depois, o juiz Geraldo Fidélis Neto, da 2ª Vara de Execuções Penais de Cuiabá, autorizou que o ex-pizzaiolo cumprisse o restante de sua pena no regime semiaberto. Para conceder o benefício da progressão de regime fechado para o semiaberto, o magistrado considerou que Weber atingiu o lapso temporal necessário, além de manter “ótimo comportamento” na cadeia.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho