Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Desbloqueio da conta do auxílio emergencial é dividido em dois grupos; entenda

Desbloqueio da conta do auxílio emergencial é dividido em dois grupos; entenda

  • 27/07/2020
  • IG

Na última terça-feira (21), a Caixa Econômica Federal realizou o  bloqueio de 1,3 milhões de contas poupanças digitais Caixa Tem, em que são depositados benefícios como o auxílio emergencial e o FGTS. Há dois grupos diferentes que foram bloqueados e o procedimento de desbloqueio é distinto para cada um deles.

Os 1,3 milhões de bloqueios aconteceram a pedido do Ministério da Cidadania por suspeitas de fraudes, depois da ação de  hackers que roubaram o auxílio dos beneficiários. Além disso, as suspeitas de recebimento indevido do auxílio têm sido apontadas há meses por órgãos como o  Tribunal de Contas da União.

 

Há dois grupos entre as pessoas que tiveram as contas bloqueadas.

 

1. Uma metade é suspeita de ter praticado fraude para recebimento do auxílio – esses receberão uma mensagem no aplicativo Caixa Tem, mostrando as datas em que são convocados a comparecer às agências da Caixa.

2. A outra parte está com dados inconsistentes e deve ajustar o cadastro no aplicativo Caixa Tem – esses receberão uma mensagem pelo aplicativo oficial Caixa Tem ou WhatsApp oficial da Caixa pedindo os ajustes.

 

Fique atento e sempre se comunique com a Caixa apenas pelos  canais oficiais.

 

1. Suspeitos de fraude – recebem, pelo aplicativo Caixa Tem, um calendário com datas para comparecerem às agências da Caixa:

 

calendarioCaixa Econômica Federal

Suspeitos de fraude são convocados às agências – recebem, pelo aplicativo Caixa Tem, um calendário com datas para comparecerem às agências da Caixa.



2.  Beneficiários com falhas cadastrais – recebem, pelo aplicativo Caixa Tem, um link para completar seus dados online:

 

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho