Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Furando quarentena, carros de luxo são levados por maré no Pará

Furando quarentena, carros de luxo são levados por maré no Pará

  • 28/07/2020
  • Midiamix

Pelo menos dois carros de luxos, avaliados em R$ 100 mil cada, foram levados por uma maré na praia de Atalaia, em Salinópolis, no Pará. O incidente aconteceu na manhã deste domingo (26) e de acordo com o Detran (Departamento Estado de Trânsito), os proprietários furaram a quarentena e ficaram além do estabelecido no decreto, que é entre 7h às 19h, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Pelo menos dois carros de luxos, avaliados em mais de R$ 100 mil cada, foram levados por uma maré na praia de Atalaia, em Salinópolis, no Pará. O incidente aconteceu na manhã deste domingo (26) e de acordo com o Detran (Departamento Estado de Trânsito), os proprietários furaram a quarentena e ficaram além do estabelecido no decreto, que é entre 7h às 19h, em razão da pandemia do novo coronavírus.

Vídeos foram divulgados nas redes sociais e mostraram que a maré cobria parcialmente os veículos. Os automóveis eram uma caminhonete Mitsubishi modelo Triton, avaliada em R$ 149 mil, e um Audi Q3, de R$ 179 mil. Ninguém se feriu.

O Detran foi acionado para ajudar na retirada dos veículos, mas não puderam ajudar por conta do risco de as viaturas também serem levadas pela maré. “Um trator também foi utilizado na tentativa de puxar os veículos, mas foi em vão. Os automóveis só foram rebocados quando a maré baixou”, disse o órgão ao portal UOL.

A Secretaria de Turismo de Salinópolis disse ao portal que não sabe se a multa foi aplicada aos responsáveis pelos carros.

O município proibou a presença de banhistas nas praias após às 19h e adotou distanciamento social entre os grupos famliares e o impedimento de som automotivo nas praias. No último boletim divulgado pela prefeitura, de 22 de julho, o município contabilizava 508 casos confirmados de covid-19 e 39 óbitos.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho