Hoje: 06/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Viralizou | Lanchonete percorre 400 km para atender desejo de grávida em Mato Grosso

Viralizou | Lanchonete percorre 400 km para atender desejo de grávida em Mato Grosso

  • 28/07/2020
  • Gazeta Digital

A empresária Bianca Piccinini Pereira, 30, moradora de Barra do Garças (509 km a leste da Capital), está grávida de Ana Tereza e conseguiu um “milagre” através das redes sociais. Após divulgar o desejo de comer um lanche de uma empresa de Goiânia, distante 400 quilômetros, ela foi surpreendida com um delivery especial, cheio de carinho.

Tudo começou com uma brincadeira. Ao ver a postagem da lanchonete em uma rede social, comentou com uma amiga, que mora em Goiânia, que estava com vontade de comer o lanche.

“Sempre que íamos para Goiânia, a gente ia comer no estabelecimento. Eu os sigo no Instagram, e eles postaram uma foto que me deu água na boca, fiquei morrendo de desejo de comer um hambúrguer que eles fazem. Então marquei minha amiga e brinquei pedindo para ela me mandar um sanduíche pelos Correios”, contou a empresária ao site UOL.

Bianca conhecia a lanchonete porque morou em Goiânia e costumava frequentar o local. Mas, por causa da pandemia da covid-19, não está viajando para o estado vizinho e, consequentemente, está há meses sem comer o hambúrguer preferido.

A amiga dela teve então a ideia de entrar em contato com a lanchonete e pedir para que o lanche fosse enviado de ônibus, ou mesmo um kit para que ela pudesse preparar o sanduíche em casa.

No entanto, a empresa decidiu dar um toque especial no pedido e o gerente da hamburgueria, Yuri Chazali Reitter, foi pessoalmente entregar o lanche e realizar o desejo da grávida, que comemorou nas redes sociais o desejo atendido.

“A gente saiu por volta das 2h da manhã e chegamos lá às 8h. Um dos valores da nossa empresa é a dedicação incondicional ao cliente e sempre buscamos gerar emoções positivas neles”, afirmou o gerente.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho