Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
PF faz operação contra tráfico internacional de armas de fogo

PF faz operação contra tráfico internacional de armas de fogo

  • 29/07/2020
  • R7

Objetos eram importados do Paraguai e distribuídos no Brasil. São cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva em oito estados

 

A PF (Polícia Federal) faz, nesta quarta-feira (29), uma operação contra suspeitos de integrarem um grupo especializado em tráfico internacional de armas de fogo e acessórios.

Cerca de 130 policiais federais cumprem 25 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva nos estados do Paraná, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe. As medidas judiciais são decorrentes de representação policial perante a 13ª Vara Federal de Curitiba.

Durante as investigações, a PF identificou suspeitos no Paraná, Minas Gerais e São Paulo, que atuavam juntos na importação, transporte e remessa de armas e acessórios, que seriam distribuídos nos demais estados brasileiros.

Os objetos estavam escondidos dentro de equipamentos como rádios, climatizadores e panelas elétricas, que eram transportados pelos Correios e por transportadoras privadas.

As armas eram importadas do Paraguai pelos investigados, que contavam com a ajuda de atravessadores paraguaios para trazê-los ao Brasil.

Um deles é o denominado Kit Roni, que em um de seus modelos para uso exclusivo com pistolas de airsoft, era transformado para uso com armas e munições reais, tornando o equipamento uma espécie de submetralhadora, que utiliza carregadores estendidos e seletores de rajadas. A importação desse acessório era realizada de forma ilegal, sem os certificados necessários e vendidos por plataformas virtuais sem o fornecimento de notas fiscais.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico internacional de armas e acessórios, associação criminosa, falsidade ideológica, uso de documento falso e lavagem de dinheiro. Se condenados, as penas podem chegar a 12 anos de prisão.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho