Hoje: 13/08/2020
    Horas: 00:00:00
×
Caixa anuncia empréstimos com garantia de imóvel

Caixa anuncia empréstimos com garantia de imóvel

  • 30/07/2020
  • G1

Banco quer estimular o home equity, modalidade de crédito no qual um imóvel é utilizado como garantia e permite a redução nas taxas juros de crédito pessoal.

 

A Caixa Econômica Federal anunciou empréstimos que têm imóvel como garantia, o chamado home equity, prevendo que poderá multiplicar por 10 sua carteira no setor, para cerca de R$ 40 bilhões.

O home equity é uma modalidade de crédito no qual um imóvel é utilizado como garantia e permite a redução nas taxas juros de crédito pessoal.

Embora exista no país há bastante tempo, o home equity tem um estoque de cerca de R$ 11 bilhões, mercado em que a Caixa detém R$ 3,5 bilhões, segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães.

"Há espaço grande para aquecer nesse segmento. O volume é de R$ 11 bilhões no país e a Caixa tem volume de R$ 3,5 bilhões, é pequeno, queremos aumentar, a expectativa é oferecer R$ 40 bilhões na contratação pelo home equity", disse Guimarães.

O home equity estará disponível para imóveis livres de ônus, ou seja, que não têm garantia para nenhum outro banco nem para a Caixa. Podem ser oferecidos como garantia imóveis residenciais ou comerciais.

A contratação poderá ser feita a partir de 3 de agosto, com taxas pela TR, IPCA ou taxa fixa, o que permite uma gama de clientes em volume maior, segundo Guimarães. Veja as condições abaixo:

  • IPCA - taxa a partir de 0,6% ao mês num prazo de até 15 anos com garantia de até 50% do valor do imóvel
  • TR - taxa a partir de 0,7% ao mês num prazo de até 15 anos com até 60% do valor do imóvel
  • Taxa fixa - taxa a partir de 0,8% ao mês num prazo de até 15 anos com até 60% do valor do imóvel

 

No caso da TR, a taxa máxima será de 0,9%, oferecida independente de qualquer relacionamento com os clientes.

O simulador para a contratação do empréstimo está disponível no site da Caixa, e a contratação será feita nas agências da Caixa e correspondentes Caixa Aqui.

Recentemente, o Banco Central anunciou novas regras que permitem ao cliente contratar operação de crédito oferecendo como garantia imóvel que já esteja alienado fiduciariamente a uma operação de crédito junto à instituição financeira, por meio de compartilhamento.

A Caixa anunciou que lançará uma segunda fase do programa, com condições que contemplarão a aceitação de imóvel com ônus como garantia de novas operações, de acordo com as novas regras anunciadas pelo regulador.

 

Redução de juros para compra de terrenos e construção

 

A Caixa anunciou ainda a redução da taxa de juros dos empréstimos para pessoas físicas para compra de terrenos e construção de imóveis, que passarão a valer também em 3 de agosto.

Atualmente, na linha com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), o banco cobra taxas menores para quem toma empréstimo para comprar um imóvel pronto do que para os que adquirem um lote urbanizado para construir.

Para a modalidade de financiamento de lote urbanizado, poderão ser financiados valores entre R$ 50 mil e R$ 1,5 milhão, com taxa de juros efetiva de até TR + 8,5% ao ano, com cota de financiamento de até 70% sobre o valor de avaliação do terreno e prazo de até 20 anos para pagamento da dívida.

Nas modalidades aquisição de terreno e construção e construção em terreno próprio, a Caixa passará a ofertar também taxas de juros customizadas que podem chegar a TR + 6,5% ao ano.

As modalidades estarão disponíveis nos correspondentes Caixa Aqui e na rede de agências.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho