Hoje: 24/01/2021
    Horas: 00:00:00
×
Deputado teme apagão elétrico em MT e aciona Energisa

Deputado teme apagão elétrico em MT e aciona Energisa

  • 28/11/2020
  • Folhamax

Diante do apagão que deixou 13 dos 16 municípios do Amapá sem energia elétrica por 22 dias, o deputado federal José Medeiros (Podemos) solicitou informações sobre a distribuição de energia em Mato Grosso ao presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, e para o diretor presidente da Energisa, Ribeiro José Barbanera.

“A intenção é prevenir que situações semelhantes a do Amapá ocorra em Mato Grosso. O setor de energia em Mato Grosso é líder de reclamações por parte dos consumidores. Além do alto valor da energia, a qualidade também é alvo de reclamações em praticamente todos os municípios do estado. Precisamos ficar atentos e cobrar ações que impeçam o risco de um apagão em nosso estado", explica Medeiros.

No documento encaminhado à Energisa e Eletrobras, o deputado federal solicita um parecer sobre alguns questionamentos, entre eles, se existe similaridade entre o sistema de energia de Mato Grosso com o do Amapá e se o nosso estado corre o risco de sofrer um apagão. Outro ponto abordado pelo parlamentar é sobre as medidas preventivas para evitar um blecaute e a regularidade na manutenção da rede de distribuição.

“São alguns questionamentos que precisam ser esclarecidos. Não podemos ser surpreendidos com um apagão, pois isso causaria um enorme prejuízo para milhares de famílias e também para a economia de Mato Grosso”, frisa o vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho