Hoje: 24/01/2021
    Horas: 00:00:00
×
Confira documentos necessários para tomar vacina contra covid

Confira documentos necessários para tomar vacina contra covid

  • 13/01/2021
  • Catraca Livre

O Ministério da Saúde espera começar a vacinar a população contra a covid-19 entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro. Tanto a Coronavac como a vacina de  Oxford/Astrazeneca precisam ser administradas em duas doses.

Até o momento foram as duas vacinas com pedido de autorização na Anvisa para uso emergencial.

Mas como será feito o controle e quais documentos serão necessários para garantir a vacinação?

De acordo com o plano de imunização do governo federal, todos serão vacinados, mesmo sem documentos. É preciso, no entanto, comprovar que faz parte do grupo correspondente à fase da vacinação – idoso, trabalhador de saúde, doente crônico, etc.

Para o acompanhamento em tempo real da vacinação, o Ministério da Saúde disponibilizou o aplicativo Conecte SUS. Por ele, cada dose aplicada será registrada na carteira digital de vacinação do usuário, identificado por meio do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde (CNS). Também serão registrados o tipo de vacina, seu lote de fabricação e a data em que foi tomada a dose.

O ministério explicou que o registro do paciente nas bases de dados poderá ser feito no momento do atendimento, utilizando o CPF ou o CNS (Cartão Nacional de Saúde), mais conhecido como “Cartão do SUS”.

 

Como tirar o Cartão do SUS

 

O Cartão Nacional de Saúde guarda os dados individuais sobre os usuários do SUS, com datas e locais de atendimentos, entre outras informações do paciente. Ele é gratuito e pode ser feito pessoalmente na secretaria de Saúde do município ou em unidades do SUS.

Para obter o cartão é preciso apresentar RG, CPF, certidão de nascimento ou de casamento. Algumas cidades pedem também comprovante de residência.

A segunda via pode ser emitida pelo portal ou app Conecte SUS. O app serve como substituto da versão impressa.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho