Hoje: 07/03/2021
    Horas: 00:00:00
×
Mãe de Ísis Helena é encontrada morta em penitenciária em SP

Mãe de Ísis Helena é encontrada morta em penitenciária em SP

  • 23/02/2021
  • R7

Jennifer Natalia Pedro, acusada pela morte da filha Ísis Helena, foi encontrada morta em sua cela na penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, de Tremembé (SP), nesta segunda-feira (22).

A mulher foi achada pelos agentes penitenciários da P1 de Tremembé com um lençol no pescoço.

Segundo relatou ao R7 o advogado da mulher, William César Pinto de Oliveira, a causa da morte ainda não foi identificada, e dependerá de um exame necroscópico realizado hoje pela manhã, além de outras perícias e investigações. 

Um inquérito policial e um procedimento administrativo interno deverão ser instaurados para apurar os fatos.

A reportagem solicitou uma nota à SAP-SP (Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo) a respeito do caso. Até o momento, não houve resposta.

 

O caso

 

Em março do ano passado, Ísis Helena, de 1 ano e 10 meses, teve o corpo descartado nas proximidades de um rio em Itapira, no interior de São Paulo, onde morava com a mãe, acusada pela morte da filha. Jennifer foi presa em abril, quando contou à polícia onde estava enterrado o corpo de Ísis. Ela confessou que a criança havia sofrido uma convulsão e se asfixiou com o próprio leite.

Segundo a SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública de São Paulo), a mãe mudou a versão apresentada aos policiais, e passou a sustentar que a filha teve febre, por volta da meia-noite, e recebeu o medicamento ibuprofeno.

Em seguida, Jennifer teria dado mamadeira com leite para a bebê e dormiu por volta das 4h. Às 6h15, ela teria acordado e encontrado a menina já "fria", com "espuma e leite nos cantos da boca".

Ainda de acordo com a versão, a menina teria sofrido convulsões e morrido por asfixia. Então, Jennifer teria se desesperado e decidido levar o corpo da menina para o rio. Em seguida, a mulher disse ter consumido drogas no mesmo local onde relatou ter abandonado a filha.

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho