Hoje: 21/04/2021
    Horas: 00:00:00
×
Bebê do RJ que seria vendido por R$35 mil é encontrado em MG

Bebê do RJ que seria vendido por R$35 mil é encontrado em MG

  • 07/04/2021
  • R7, com Record TV RJ

Um bebê de dois meses desaparecido no Rio de Janeiro foi encontrado, nesta segunda-feira (6), em Belo Horizonte.

A suspeita é que a criança tenha sido sequestrada para ser vendida por aproximadamente R$ 35 mil.

De acordo com a polícia, pais da criança, que moram na cidade de Duque de Caxias, teriam sido atraídos pela suspeita do sequestro, uma pessoa conhecida da família, através de uma oferta de emprego em um supermercado na capital fluminense.

A mulher se ofereceu para pagar duas diárias em um hotel no Centro do Rio de Janeiro, além de novas roupas para o casal vestir durante a suposta entrevista.

Os dois se hospedaram no local na noite da última sexta-feira (2). No sábado, dia em que eles participariam do processo seletivo, a suspeita informou que a entrevista teria sido cancelada por causa da covid-19, e reagendada para segunda-feira (5).

O casal então retornou para Santa Cruz da Serra e foi recepcionado pela suspeita, que ofereceu um lanche com sanduíches e sucos. Os alimentos estariam com medicamentos para dormir, já que, logo após comerem, os dois ficaram desacordados e despertaram no dia seguinte. Só neste momento eles perceberam que o bebê havia sumido.

Após o registro do boletim de ocorrência e a divulgação do caso nas redes sociais, a mulher decidiu devolver a criança, que foi entregue aos pais na Rodoviária de Belo Horizonte.

A avó da criança informou à reportagem que o bebê passou por um exame de corpo de delito nesta terça-feira (6). Ela acredita que a mãe da suspeita também possa estar envolvida no esquema.

Em nota, a PCERJ (Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro) confirmou que a criança foi localizada e entregue aos pais. O órgão informou que está investigando o caso e busca identificar os suspeitos do crime.

 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho