Hoje: 17/10/2021
    Horas: 00:00:00
×
EUA propõem que idosos não devem tomar aspirina para prevenir doenças cardíacas

EUA propõem que idosos não devem tomar aspirina para prevenir doenças cardíacas

  • 13/10/2021
  • CNN Brasil

A Força-Tarefa de Serviços Preventivos dos Estados Unidos está considerando alterar em sua orientação sobre a ingestão diária de aspirina para prevenção de doenças cardíacas e derrame.

Nesta terça-feira (12), a força-tarefa publicou um rascunho de declaração recomendando que adultos com idades entre 40 e 59 anos que têm maior risco de doenças cardiovasculares – mas não têm histórico da doença – decidam com um médico se começam a tomar aspirina, com base em circunstâncias individuais.

Esta é a primeira vez que a força-tarefa recomenda que adultos na faixa dos 40 anos discutam com seus doutores se devem tomar aspirina para a saúde do coração.

O documento também diz que adultos com 60 anos ou mais não devem tomar aspirina para prevenir doenças cardíacas e derrames porque novas evidências mostram que danos potenciais anulam os benefícios, de acordo com a força-tarefa.

“As últimas evidências são claras: iniciar um regime diário de aspirina em pessoas com 60 anos ou mais para prevenir um primeiro ataque cardíaco ou derrame não é recomendado”, disse um membro da Força-Tarefa, Dr. Chien-Wen Tseng, em um comunicado. “No entanto, esta recomendação da Força-Tarefa não é para pessoas que já sofreram um ataque cardíaco ou derrame; elas devem continuar a tomar, a menos que seu médico diga o contrário”.

Doenças cardíacas são a principal causa de morte nos Estados Unidos, causando cerca de 25% de todos os óbitos. Embora a ingestão diária de aspirina em baixas doses diminua o risco de ataque cardíaco ou derrame em algumas pessoas, também acarreta o sério risco de sangramento potencial no estômago, intestinos e cérebro, de acordo com a força-tarefa.

“O uso diário de aspirina pode ajudar a prevenir ataques cardíacos e derrames em algumas pessoas, mas também pode causar danos potencialmente graves, como hemorragia interna”, diz o comunicado. “É importante que as pessoas com 40 a 59 anos de idade e sem histórico de doenças cardíacas conversem com seu médico para decidirem juntas se começar a tomar aspirina é o certo para elas”.

A última vez que a força-tarefa fez uma recomendação sobre o uso de aspirina diária foi em 2016, quando disse que a decisão de começar a tomar aspirina em baixas doses “deveria ser individual” para adultos de 60 a 69 anos. Na época, o grupo recomendou uma aspirina de baixa dose diária para adultos com idades entre 50 e 59 anos que têm um risco 10% ou maior de doença cardiovascular.

Outros grupos já haviam apontado para os riscos da ingestão diária de aspirina.

Em 2019, o American College of Cardiology e a American Heart Association divulgaram diretrizes dizendo que a aspirina em baixas doses diárias não é mais recomendada como preventivo para adultos mais velhos que não apresentam risco elevado ou doença cardíaca existente.

(Texto traduzido. Clique aqui para ler o original em inglês)

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho