Hoje: 17/10/2021
    Horas: 00:00:00
×
Cientistas criam tecido que desativa vírus da Covid-19 e outras ameaças químicas

Cientistas criam tecido que desativa vírus da Covid-19 e outras ameaças químicas

  • 14/10/2021
  • Olhar Digital

Um novo tecido criado pela Universidade Northwestern, em Illinois, EUA, promete proteção completa contra vírusbactérias e outras ameaças (mesmo as químicas), completamente negativando a ação desses ataques – segundo o paper publicado sobre o trabalho, o tecido é eficaz até mesmo contra a pandemia da Covid-19.

De acordo com o comunicado de divulgação, o novo material é reutilizável, voltando ao seu estado original de proteção com uma rápida lavagem com água e alvejante. Espera-se que ele possa, no futuro, ser aplicado na confecção de novos tipos de máscaras faciais e outras roupas de proteção.

“Ter um material com dupla funcionalidade, com a habilidade de desativar agentes tóxicos biológicos e químicos é algo crucial, tendo em vista a alta complexidade que vem da integração de múltiplos componentes para esse tipo de trabalho”, disse Omar Farha, expert em pesquisa de união de metais e dispositivos orgânicos (da sigla em inglês, “MOFs”) na Universidade Northwestern, professor de química na Escola Weinberg de Artes e Ciências e co-autor do paper.

“MOFs”, segundo Farhas, são como “banhos sofisticados de espuma”. Ele explica que os materiais de nanoescala (ou seja, menores que milímetros e visíveis apenas em microscópio) são desenhados com vários pequenos buracos, que são capazes de capturar gases, vapores, substâncias líquidas e sólidas de diversas origens – tal qual uma esponja faz com a água.

O material desenvolvido por Farhas e sua equipe entra nessa classificação, e é derivado de um outro estudo, onde o mesmo time criou um tipo de nanofibra capaz de desativar agentes nervosos (nome atribuído a algumas armas químicas usadas em conflitos militares). Segundo o especialista, “com algumas pequenas manipulações”, eles foram capazes de inserir agentes antibacterianos e antivirais na composição, ampliando sua capacidade de ação.

Em testes, o tecido foi eficaz na desativação de vírus, bactérias e outras ameaças químicas, mostrando-se excepcionalmente rápido contra o Sars-Cov-2 (o vírus causador da Covid-19), bem como a bactéria bacilar Gram-negativa Escherichia coli (responsável por várias infecções gastrointestinais) e a bactéria Gram-positiva Staphylococcus aureus. Em outro teste, o material rapidamente degradou o estimulante químico “Cloreto de 2-etiltioetilo”, o principal componente do gás mostarda, usado em guerras ao longo da história, como a 1ª Guerra Mundial (19114-1918); a conquista da Etiópia pela Itália (1935-1936); a guerra da China contra o Japão (1937-1945); a 2ª Guerra Mundial (1939-1945); a guerra civil do Iêmen (2014 até hoje); o conflito armado entre Irã e Iraque (1983-1988) e, mais recentemente, na Guerra da Síria (agosto de 2015).

Em uma notícia ainda mais interessante, o material pode ser aplicado em máscaras faciais, pois sua composição permite também o escape otimizado de ar – em outras palavras, além de reter e desativar potenciais ameaças, ele não prende a respiração e evita o contágio vindo do contato com pessoas infectadas.

Finalmente, a produção desse material é simplificada, e requer apenas equipamentos têxteis de base que a indústria correspondente já vem usando na confecção de várias vestimentas.

 

paper foi publicado no Journal of the American Chemical Society

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho