Hoje: 17/10/2021
    Horas: 00:00:00
×
25 mil pessoas do Ceará poderão obter primeira habilitação por meio do programa CNH Popular

25 mil pessoas do Ceará poderão obter primeira habilitação por meio do programa CNH Popular

  • 14/10/2021
  • Gov CE

O governador do Ceará, Camilo Santana, apresentou a retomada do programa CNH Popular, ofertando 25 mil habilitações para a população do Ceará até 2022. Operacionalizada por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), a iniciativa possibilita o acesso gratuito à obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A (moto) ou B (automóvel) e é uma das maiores do país no segmento. O programa combina o compromisso em garantir um trânsito mais seguro e a geração de oportunidades produtivas para a população.

O governador celebrou a volta de programa, sempre muito requisitado, que ajuda na conquista de empregos e novas oportunidades. “O número de habilitações ofertadas nesta retomada da CNH Popular é praticamente o triplo do realizado anualmente antes da pausa do programa. Agora são 20 mil carteiras para o Interior e mais 5 mil para Fortaleza, totalizando 25 mil. É um programa que dá a carteira de habilitação e ajuda a muitos a conseguir um trabalho, de se tornarem entregadores, enfim, abrem novas oportunidades”, exemplificou Camilo no evento virtual de lançamento, transmitido pelas redes sociais. Com ele, estavam o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão, o secretário de infraestrutura, Lúcio Gomes, e o superintendente do Detran-CE, Maximiliando Quintino.

“Para além das oportunidades geradas, ter uma habilitação é sinônimo de formar condutores dentro da lei de trânsito, o que vai contribuir e muito para a segurança viária nas cidades. Todos aprovados serão qualificados ou requalificados no processo seletivo, e indiretamente também promoverá impacto positivo na saúde, educação e cidadania, por conta dos exames necessários aplicados”, ressaltou o superintendente do Detran.

Para o secretário de infraestrutura do Ceará, Lúcio Gomes, retornar um programa tão positivo ao Estado é de grande satisfação, e para além disso, também é uma ferramenta importante de inclusão social. De 2009 a 2019, quase 140 mil pessoas foram habilitadas por meio da iniciativa. Quem se habilita na categoria A recebe um capacete.

O programa é destinado a beneficiários do Bolsa Família, pessoas com deficiência e egressos do sistema prisional. Os interessados devem realizar cadastro no site do Detran, registrando as informações solicitadas e anexando documentos exigidos. Em seguida, os dados passam por análise do Detran.

Após aprovação do cadastro, será agendada a comissão para onde os candidatos serão devidamente direcionados pelo Detran para as autoescolas, que serão responsáveis pela preparação dos respectivos alunos do programa.

O Governador destacou também que, assim como o Sinalize, o programa CNH Popular busca incentivar os municípios para que assumam a oficialização da gestão de trânsito. “Por isso, um critério central do CNH Popular é priorizar as cidades que já municipalizaram sua gestão de trânsito”, explicou.

É importante que os candidatos estejam atentos a tentativas de fraude. Para realizar um processo seguro, os interessados devem se inscrever somente através do site oficial do Detran-CE. O órgão destaca que NÃO encaminha e-mail e nenhum tipo de link através de redes sociais ou aplicativos de mensagens, como WhatsApp.

“Ações sociais como essa movimentam a economia, mas o Ceará só consegue promover um programa robusto como esse porque possui um equilíbrio fiscal no Estado. São 25 mil carteiras de habilitação e isso tem um custo, mas o Ceará está absorvendo com sua capacidade de reinvestimento, por estar sendo administrado de maneira séria e comprometida. Só assim conseguimos levar as políticas públicas a quem mais precisa”, apontou Evandro Leitão.

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho