Hoje: 29/11/2021
    Horas: 00:00:00
×
Cientistas criam um chiclete que reduz coronavírus na saliva

Cientistas criam um chiclete que reduz coronavírus na saliva

  • 23/11/2021
  • R7 com Reuters

Pode parecer estranho, mas mascar um chiclete especial pode ajudar a diminuir a concentração do coronavírus na saliva da pessoa infectada. Esse foi o experimento desenvolvido por cientistas da Universidade da Pensilvânia, no Estados Unidos. 

De acordo com a publicação feita no jornal científico Molecular Therapy, é incluída na produção da goma de mascar cópias de uma proteína (ACE2) da superfície da célula, que o vírus utiliza como porta de entrada para infectar a célula. Esse chiclete consegue reter partículas do SARS-CoV-2 e diminuir a quantidade do coronavírus dentro da boca do infectado. Com isso, os pesquisadores acreditam que o chiclete vai ajudar a conter a transmissão da Covid-19 durante a fala, tosse ou respiração. 

Nos estudos em laboratórios foram coletadas amostras da saliva de pacientes e foi verificado que o vírus se ligou à proteína do doce. O resultado foi uma diminuição superior a 95% da carga viral nas amostras pesquisadas.  

"A goma de mascar com proteínas que prendem o vírus oferece uma estratégia geral acessível para proteger os pacientes da maioria das reinfecções orais do vírus por meio da redução de volume ou minimizando a transmissão para outras pessoas. Confirmando a maior suscetibilidade dos pacientes infectados para a entrada viral", explicaram os cientistas na publicação.

No ensaio, os pesquisadores usaram um placebo, chicletes convencionais sem nenhum efeito, e as gomas com a proteína incluída. Os cientistas dizem que o produto experimental não tem diferença se comparado ao convencional. Ambos têm os mesmos sabores, podem ser armazenados por anos e sem necessidade de temperatura especial e a mastigação não destrói as moléculas da proteína ACE2. 

O uso da goma de mascar para reduzir a carga viral na saliva ajudaria a aumentar o benefício das vacinas e seria particularmente útil em países onde os imunizantes ainda não estão disponíveis ou acessíveis, já que os custos são baixos, acreditam os pesquisadores norte-americanos. 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho