Hoje: 29/11/2021
    Horas: 00:00:00
×
Caixa libera R$ 23,4 bilhões em atrasados do PIS/Pasep; Saiba como sacar

Caixa libera R$ 23,4 bilhões em atrasados do PIS/Pasep; Saiba como sacar

  • 23/11/2021
  • Capitalist

Trabalhadores que fazem parte do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem ter saldo disponível para saque. Segundo a Caixa Econômica Federal, 10,6 milhões de pessoas têm direito a uma parte dos R$ 23,4 bilhões parados.

O valor corresponde às chamadas “cotas do PIS/Pasep“, destinadas aos trabalhadores que tiveram a carteira assinada no período de 1971 a 04/10/1988. Quem ainda não realizou o saque pode resgatar o dinheiro através do aplicativo do FGTS, local para onde o montante foi transferido.

A quantia retesada por ser sacada pelo titular da conta, não importa a idade. Contudo, em caso de seu falecimento, o saldo acumulado fica disponível para os dependentes. Em 2021, mais de R$ 331,5, milhões foram sacados por 232,3 mil trabalhadores e herdeiros.

 

Saque das cotas do PIS/Pasep

 

Em caso de morte do titular do benefício, o saque do benefício pode ser feito por dependentes em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Os documentos necessários incluem:

-Documento de identificação pessoal oficial;

-Certidão de óbito do trabalhador falecido;

-Certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte expedida pelo INSS; ou

-Atestado fornecido pela entidade empregadora (no caso de servidor público); ou

-Alvará judicial designando o sucessor/representante legal e Carteira de Identidade do sucessor/representante legal (na falta da certidão de dependentes habilitados); ou

-Formal de Partilha/Escritura Pública de Inventário e partilha.

 

Lembrando que o saque das cotas do PIS/Pasep se diferem dos pagamentos tradicionais do programa feitos todos os anos. O próximo calendário de repasses do PIS/Pasep começará em 2022. O dinheiro, previsto para o segundo semestre desse ano, foi adiado para os primeiros meses do ano que vem.

 

    Compartilhar:

Patrocínio

Patrocínio:

Recados


De: Rebotec para Ao Interessados
Recado:Ultimamente tá difícil a vida de pedreiro ou carpinteiro no município... Governo cria o MEI para legalizar a atividade e a administração fere a lei para se beneficiar em recolhimento acima do permitido. Em contrapartida têm em suas obras as ilegalidades trabalhistas onde não se sabe se ganham pela prefeitura ou pela empresa licitatória. Mas em tempo que vereador vai para o ponto P e bate no ponto C, fica difícil de um fiscalizar o outro. Enquanto isso vamos construindo uma cidade melhor, pois pelos órgão públicos o prejuízo é grande.
De: Contribuinte para Para Administração Pública
Recado:Boa tarde! A grande maioria dos pioneiros sabem da história complicada do Bairro Guaranorte. Sou morador do Jardim Vitória e estamos em recuperação de ruas, daquele jeito, mas está saindo. Agora o que me preocupou com tristeza é o descaso com o pessoal daquele bairro, para trafegar precisa tirar par-ou-impar entre os veículos. E aquela ponte de madeira! Alguém sabe se é patrimônio histórico? Até parece território desmembrado do município, lá também existe arrecadação de impostos (água, luz e telefone)... e votos. Seria ótimo serem lembrados... pronto falei.
De: Eterno Opositor para Contribuinte aloprado
Recado:Hein, fala mais com minha mão aqui. bibibi.... acho que você é alopradinho e não percebeu que também tinha testemunhas....mas....vi que é alopradinho, puxou estorinhas do baú, sítio do pica-pau amarelo, etc para querer parecer com a razão. beijinho